Só para assinantesAssine UOL

B3 (B3SA3) manterá horário ampliado para negociação de futuros de dólar e Ibovespa a partir de março

A B3 (B3SA3) informou, nesta terça-feira (23), que a partir do dia 11 de março, manterá a negociação dos contratos e minicontratos futuros de Ibovespa (IND e WIN, respectivamente) até as 18h25, e dos contratos e minicontratos futuros de dólar comercial (DOL e WDO) até as 18h30.

Esse horário, em vigor atualmente, já é praticado todos os anos entre novembro e março, quando não há horário de verão nos Estados Unidos. Agora, o horário seguirá ampliado também durante os meses de março a novembro, quando comumente os derivativos ligados ao Ibovespa encerram a negociação às 17h55 e os ligados ao dólar, às 18h. 

"O objetivo é proporcionar aos investidores mais tempo para negociar os produtos e integra os esforços da B3 para facilitar o acesso ao mercado de capitais", disse a bolsa brasileira em comunicado. 

B3 (B3SA3): volume diário de negociação soma R$ 25,29 bi em dezembro, queda anual de 13,6%

O volume diário de negociação da B3 (B3SA3) caiu 13,6% em dezembro na comparação anual, para R$ 25,29 bilhões, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no último dia 15 de janeiro. Na base mensal, a dona da bolsa brasileira registrou uma baixa de 7,9%.

Essa queda no volume da B3 em dezembro pode ser explicada pelo período das festas de fim de ano, quando a liquidez do mercado é reduzida, além do baixo volume visto ao longo do ano, com a dificuldade do mercado por causa dos juros na casa de dois dígitos.

Do valor total negociado no mês, R$ 24,04 bilhões referem-se ao mercado à vista na B3, o que representa uma baixa anual de 14,7%, e mensal de 9,1%. Os mercados futuros subiram 46,8% ante igual intervalo de 2022 e 1,5% ante novembro, para R$ 324 milhões. O mercado de opções, por sua vez, chama a atenção pelo aumento do número negociado, que passou de R$ 845 milhões em dezembro do ano anterior para R$ 923 milhões no mês passado, uma alta de 32,8%.

Em dezembro, o número de contas ativas na B3 alcançou 5,77 milhões, valor 1,9% menor que o visto no mesmo período de 2022. Na base mensal, houve uma alta de apenas 0,7%. O número de investidores pessoa física, que vêm apresentando crescimento nos últimos anos, teve uma retração de 1,1% na comparação anual, para 4,95 milhões. Em relação a novembro, a alta foi de 0,8%.

B3: negociação dos mercados

No mercado de derivativos e futuros, o volume de contratos atingiu 5,34 mil em dezembro, alta de 25,5% em relação ao mesmo mês de 2022. Na comparação mensal, houve uma baixa de 2,9%. No período, a receita média por contrato caiu 18,5%, para R$ 1,65 milhões. Em relação a novembro, a alta é de 6,3%.

Continua após a publicidade

No último mês de 2023, a quantidade de empresas listadas na B3 (B3SA3) era de 446, uma baixa de 0,4% na base anual e uma estabilidade na comparação com novembro.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora