PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Disparada dos preços de aluguéis favorece investidor de fundo imobiliário

Exclusivo para assinantes UOL

Vinícius Pereira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/12/2020 04h00

A inflação do aluguel disparou, e isso é ruim para quem mora numa casa alugada. Mas quem investe em fundos imobiliários (FIIs) se dá bem. O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), divulgado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e usado para reajustes de aluguel, acumula alta de 21,97% no ano e de 24,52% em 12 meses.

Os fundos imobiliários têm a vantagem de oferecer mais liquidez que um imóvel e de pagar dividendos mensais, como se fossem um aluguel, explicam especialistas ouvidos pelo UOL. Alguns têm contratos indexados ao IGP-M e podem se aproveitar do momento.

"Com o impacto da alta do IGP-M, algumas classes de fundos imobiliários oferecem uma proteção maior para a carteira, e o investidor pode conseguir até um rendimento mais alto", disse Renan Manda, analista-chefe de fundos imobiliários da XP Investimentos.

Fundos de tijolo

De acordo com Renan Manda, analista-chefe de fundos imobiliários da XP Investimentos, fundos de tijolo (que investem em ativos de construção) podem ser os beneficiados com a alta do IGP-M, já que, em alguns casos, os contratos de aluguel dos prédios são indexados ao índice.