PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Tesouro Direto é melhor que a poupança? Especialistas respondem hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/08/2021 04h00

Criado pelo Tesouro Nacional em 2002, o Tesouro Direto surgiu para que o pequeno investidor pudesse acessar títulos públicos emitidos pelo governo. Mas, com os juros historicamente baixos, será que ainda vale investir nesse tipo de aplicação? Ele ganha da poupança? Os especialistas Roberto Indech e Gabriela Mosmann vão responder a essa pergunta nesta terça-feira (3), no Guia Investidor UOL, e ainda vão falar sobre cada um dos títulos disponíveis no Tesouro Direto. O evento é gratuito e acontece às 11h. Para assistir, basta fazer o cadastro abaixo.

O evento acontece nas páginas do UOL, UOL Economia e na página de investimentos do UOL. O encontro será aberto para todos os leitores no dia da transmissão e, depois, ficará disponível apenas para os assinantes do UOL. Os assinantes já têm acesso aos eventos anteriores do Guia.

Cada título tem um propósito

De acordo com o último balanço do Tesouro Nacional, o Tesouro Direto tem aproximadamente 11,5 milhões de pessoas cadastradas e mais de 1,5 milhão de investidores ativos. No último mês de junho, os recursos investidos nesse tipo de aplicação ultrapassaram a marca de R$ 65 bilhões.

Investir no Tesouro Direto é como emprestar dinheiro ao governo recebendo juros. A rentabilidade vai depender do tipo de aplicação. O Tesouro Selic, por exemplo, rende o equivalente à taxa de juros da economia (hoje em 4,25%), enquanto o Tesouro IPCA rentabiliza de acordo com a inflação.

No Guia Investidor UOL, os especialistas Roberto Indech e Gabriela Mosmann vão explicar como cada um desses títulos funciona e qual perfil de investidor combina com eles.

O Tesouro Direto é considerado uma porta de entrada para outros investimentos e mesmo com os juros baixos continua atraindo uma grande quantidade de investidores.

Gabriela Mosmann é analista certificada de investimentos da Suno Research e a principal voz feminina da casa de análise. Ela é economista e mestre em Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Também possui um canal com mais de 30 mil inscritos na internet, além de ser colunista do UOL.

Roberto Indech é estrategista-chefe da Clear Corretora. Com mais de 10 anos de experiência no mercado, também é chefe de análise técnica e sócio da XP Inc. Coordena as salas de trading do Grupo XP, e é professor da Xpeed School, colunista da Gazeta do Povo e apresenta o podcast Gaincast.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE

O Guia do Investidor UOL é uma série de eventos quinzenais e gratuitos que apresenta todos os passos para quem quer aprender a investir e entender melhor sobre o mercado financeiro. Veja as histórias inspiradoras e dicas de especialistas para multiplicar o seu dinheiro