PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Petrobras sobe mesmo após fala de Bolsonaro de que lucros 'são um estupro'

Jair Bolsonaro critica bons resultados da Petrobras durante sua live semanal - REUTERS/ADRIANO MACHADO
Jair Bolsonaro critica bons resultados da Petrobras durante sua live semanal Imagem: REUTERS/ADRIANO MACHADO
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/05/2022 13h35

O lucro líquido da Petrobras (PETR3/PETR4) de R$ 44,56 bilhões referente ao primeiro trimestre está embalando os investidores, que têm feito a petroleira ser uma das empresas mais negociadas desta sexta-feira (6) na Bolsa.

Com o alto volume de compra, os papéis da Petrobras apresentam alta. Por volta das 13h a PETR3 subiam 3,58%, a R$ 35,62; enquanto PETR4 valorizada 2,58%, a R$ 32,81.

A disparada das ações ocorre mesmo após as falas do presidente Jair Bolsonaro (PL) ontem, durante transmissão ao vivo em suas redes sociais, de que os lucros registrados recentemente pela Petrobras "são um estupro", pois beneficiam estrangeiros e "quem paga a conta é a população brasileira".

Entenda por que as falas de Bolsonaro não afetaram tanto os ativos da Petrobras, segundo os especialistas ouvidos pelo UOL, e se agora é de fato o melhor momento para adquirir ações da empresa.

Com preços mais altos do petróleo e derivados, a Petrobras (PETR3/PETR4) teve lucro 3.718% maior que o registrado nos três primeiros meses do ano anterior. No acumulado de 2021, a empresa, que tem a União — órgão do governo — como maior acionista, alcançou lucro líquido recorde de R$ 106,6 bilhões.

As falas do presidente foram feitas durante sua live semanal, que ocorreu pouco antes da divulgação pela Petrobras do balanço de resultados.

Essas falas [críticas de Jair Bolsonaro] influenciam os investidores. O presidente não deveria emitir opinião sobre a Petrobras. Mas o mercado não ligou muito, pois as ações estão subindo.
Guilherme Rebouças de Oliveira, sócio da OBB Capital Partners

"Uma minúscula parcela talvez ligue para isso", diz William Teixeira, analista da Messem. Mas a maioria, segundo ele, prefere focar nos resultados.

Segundo Ilan Arbetman, analista da Ativa Investimentos, a Petrobras teve resultados sólidos, aproveitando a alta do preço do petróleo internacionalmente.

É hora de comprar ações da Petrobras?

"Gostamos muito da empresa, mas as eleições terão impacto negativo nas ações. As ações estão muito baratas. Mas o discurso populista pré-eleição pode destruir muito valor", afirma o analista da OBB Capital Partners.

Para o BTG, a recomendação é neutra. Isto é, agora declaram aos investidores que não é o momento nem de compra e nem de venda dos papéis.

"A execução da Petrobras tem sido quase impecável. Mas nossa postura cautelosa sobre a empresa ainda reflete a incapacidade de prever a estratégia da companhia e a alocação de capital em um horizonte maior do que alguns trimestres. Até lá, achamos que pode ser cedo para adotar uma postura mais otimista sobre as ações", declara a instituição financeira.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.