PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Conta remunerada ou poupança: qual rende mais? Veja comparação

Conta remunerada rende mais que poupança, mas é preciso ficar atento a prazos de impostos - Getty Images
Conta remunerada rende mais que poupança, mas é preciso ficar atento a prazos de impostos Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes

Paula Pacheco

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/05/2022 04h00

Quem tem receio de buscar investimentos mais sofisticados ainda vê na poupança um porto seguro para o seu dinheiro. Mas há mais alternativas para quem não quer ficar com o dinheiro parado, como a conta remunerada, que promete rendimentos superiores aos da poupança.

No geral, quando o correntista opta por uma conta remunerada, o rendimento é automático, ou seja, o dinheiro rende à medida que houver saldo em conta.

O UOL traz algumas simulações, feitas por três instituições financeiras, que comparam o comportamento da poupança e da conta remunerada. Nos dois cenários, o valor em conta é de R$ 1.000, por dois e por quatro anos, sem que o rendimento seja sacado pelo cliente nesse intervalo de tempo. Veja abaixo.

A poupança é um produto tradicional e de alta liquidez (os recursos podem ser sacados a qualquer momento). Por esses motivos, lidera entre as preferências dos brasileiros.

A conta remunerada rende automaticamente, mas o cliente deve ficar atento a prazos para saque (e assim evitar perder os ganhos) e se há a incidência de impostos.

Os impostos dependem do tempo em que os recursos ficarem investidos. Em até 29 dias de aplicação, há o IOF regressivo mais o Imposto de Renda (IR). A partir de 30 dias, somente IR. No geral, não há burocracia nas instituições financeiras quando se quer aderir a esse tipo de produto. Compare a seguir o desempenho de alguns bancos em relação à poupança.

Conta remunerada do PagBank x poupança

Resgate em dois anos

No PagBank PagSeguro, a aplicação de R$ 1.000 feita no dia 15/5/2022 e resgatada em 17/5/2024, com taxa de 12,965% (DI1J24), tem ao final do período um rendimento bruto de R$ 274,88 (1,85 vez o retorno da poupança) e líquido (já com descontos de taxas e impostos) de R$ 233,64 (1,53 vez o retorno da poupança).

No mesmo intervalo de tempo, o rendimento com a poupança seria de R$ 147,76 (líquido).

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 147,16
  • Rendimento líquido da conta remunerada do PagBank: R$ 233,64

Resgate em quatro anos

Já para um prazo de quatro anos (resgate em 17/5/2026) e taxa utilizada de 12,255% (DI1J26), segundo o PagBank PagSeguro, o rendimento bruto será de R$ 586,44 (1,85 vez o retorno da poupança) e líquido de R$ R$ 498,48 (1,57 vez o retorno da poupança).

Se o mesmo valor for deixado na conta poupança, apresentará um rendimento de R$ 317,36.

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 317,36
  • Rendimento líquido da conta remunerada do PagBank: R$ 498,48

Vale lembrar que quando a taxa básica de juros (Selic) for igual ou inferior a 8,5%, a poupança pagará mensalmente 70% da Selic mais Taxa Referencial (TR). Quando a Selic for superior a 8,5% — como atualmente, em 12,75% ao ano —, a poupança pagará 0,5% ao mês mais TR.

Segundo o PagBank PagSeguro, nas duas simulações foram usados para o cálculo o DI1J24 e DI1J26, apurados em 17/5/2022 e uma TR constante de 0,075% ao mês.

Conta remunerada do Mercado Pago x poupança

Na simulação da conta remunerada do Mercado Pago, a Conta Digital, foi usado o CDI atual com rendimento de 12,65% ao ano e considerado o ano com 365 dias. Dessa forma, segundo a instituição financeira, tanto para dois quanto quatro anos há a incidência de Imposto de Renda (IR) de 15%.

Resgate em dois anos

Na primeira situação, após dois anos, o rendimento bruto seria de aproximadamente R$ 269.

Já o líquido, com o desconto do IR de 15%, seria de aproximadamente R$ 228,65 (1,55 vez o da poupança).

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 147,16
  • Rendimento líquido da conta remunerada do Mercado Pago: R$ 228,65
Resgate em quatro anos

Na segunda situação, após quatro anos, com o CDI nos mesmos 12,65% ao ano, o rendimento bruto da Conta Digital Mercado Pago seria em torno de R$ 610,37.

Já o rendimento líquido após o desconto de 15% do IR seria de aproximadamente R$ 518,81 (1,63 vez o valor da poupança).

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 317,36
  • Rendimento líquido da conta remunerada do Mercado Pago: R$ 518,81

Conta remunerada do Banco Original x poupança

Já na simulação do Banco Original para a conta remunerada (produto Conta que Rende), se o cliente ficar com os recursos aplicados por dois ou quatro anos, receberá 100% do CDI do período. No cálculo, foi usada uma projeção média do CDI.

Resgate em dois anos
Em dois anos, o correntista terá R$ 372,94 de ganho líquido (2,53 vezes o da poupança).

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 147,16
  • Rendimento líquido da conta remunerada do Banco Original: R$ 372,94

Resgate em quatro anos

Em quatro anos, terá R$ 606,15 de rendimento líquido (1,9 vez o da poupança).

Resumindo:

  • Rendimento líquido da poupança: R$ 317,36
  • Rendimento líquido da conta remunerada do Banco Original: R$ 606,15

"Esse não é um produto para o cliente ficar no longo prazo. Nesse caso, há alternativas mais rentáveis", informa o banco.

O Nubank foi procurado pela reportagem para apresentar simulações com o rendimento de sua conta remunerada, mas não enviou os dados até a publicação deste texto.

Quando vale a pena a conta remunerada

De acordo com o PagBank PagSeguro, o produto Conta Rendeira tem melhor desempenho que a poupança em qualquer cenário, principalmente quando os juros aumentam. Isso porque a poupança tem um limitador de rentabilidade. Como a correção é mensal, é preciso deixar o valor em conta por pelo menos 30 dias.

A Conta Rendeira do PagBank oferece remuneração bruta de 100% do CDI, equivalente a 1% ao mês no cenário atual. Enquanto isso, a poupança rende 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial [TR]. Caso a taxa básica de juros seja inferior a 8,5%, a poupança também será reduzida para apenas 70% da Selic + TR.
André Mello Souza Fernandes, diretor de Investimentos do PagBank PagSeguro

A conta remunerada do Mercado Pago também garante um desempenho superior ao da conta poupança, segundo Ignacio Estivariz, diretor sênior de Conta Digital. O rendimento é sempre de 100% do CDI (hoje de 12,65%) contra cerca de 6,9% da poupança mais a Taxa Referencial (TR).

"O contrário só aconteceria em momentos muito atípicos e pouco prováveis em que o governo aumentasse a TR de maneira muito agressiva ou incluísse impostos muito elevados sobre a conta remunerada", afirma.

Ele declara ainda que "a conta remunerada tem um retorno semelhante ao de alguns CDBs [Certificados de Depósito Bancário], que pagam 100% do CDI e podem ser adquiridos em alguns bancos e instituições financeiras".

Despesas do dia a dia

Fernandes, do PagBank PagSeguro, recomenda a conta remunerada em algumas situações. Primeiro, para quem busca praticidade, já que não é necessário fazer um novo cadastro para aderir ao produto.

"Ela atende quem já tem valores investidos em outros produtos, como fundos de ações, renda fixa e até ações, porque a Conta Rendeira [do PagBank PagSeguro] pode ser utilizada para eventuais despesas de curto prazo, como pagamento de aluguel e cartão de crédito, de modo que o investidor separe o dinheiro de curto prazo daquele que pode ficar investido por mais tempo", afirma o executivo.

Já Estivariz afirma que a conta remunerada do Mercado Pago é mais interessante do que a conta corrente e a poupança por conta do modelo de rendimento diário e por entregar um percentual equivalente a 100% do CDI.

Na sua opinião, além de ser uma opção para formar e manter a reserva de emergência, a conta remunerada pode ser alternativa para investidores de outras modalidades que recebem a remuneração no pós-período aplicado até decidirem o seu próximo movimento.

Na estratégia do Banco Original, a Conta que Rende não é classificada como um investimento, mas um serviço da conta corrente.

Segundo a instituição financeira, o produto deve ser utilizado somente para os recursos do dia a dia. Para investimentos, explica, existem alternativas mais rentáveis.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.