Pescador palestino é morto pela Marinha israelense

Jerusalém, 15 Mai 2017 (AFP) - Um pescador palestino morreu nesta segunda-feira depois de ser atingido por tiros da Marinha israelense no barco em que estava ao longo da Faixa de Gaza, informou o Exército israelense.

A Marinha abriu fogo contra o barco quando este manteve seu curso, apesar dos apelos para parar e dos tiros de advertência depois de deixar os limites de pesca impostos por Israel na Faixa de Gaza, declarou um porta-voz do exército israelense.

Israel submete a Faixa de Gaza, enclave palestino encravado entre seu território, o Egito e o Mar Mediterrâneo, um rigoroso bloqueio terrestre, aéreo e marítimo. O Estado hebreu diz que o bloqueio é necessário para conter o movimento islâmico do Hamas, que governa Gaza e é um dos seus inimigos.

Incidentes ocorrem regularmente no mar com a Marinha israelense, provocando ocasionalmente a morte de pescadores de Gaza.

Os palestinos dizem ser alvos, mesmo quando não ultrapassam os limites fixados por Israel, e que são confinados a uma zona de pesca insuficiente para exercer sua profissão.

O pescador palestino, identificado como Mohammed Majed Bakr, de 29 anos, "morreu várias horas depois de ser internado em um hospital israelense", declarou à AFP Zacharia Bakr, responsável pela pesca.

jjm-my/lal/iw/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos