Primeira moeda que brilha no escuro do mundo entra em circulação no Canadá

  • Royal Canadian Mint

O Canadá colocará em circulação sua primeira moeda - e do mundo - a brilhar no escuro.

Conhecida localmente como "toonie", a moeda de dois dólares canadenses (cerca de R$ 5) foi produzida após um concurso de design que recebeu mais de 10 mil inscrições.

Ela mostra duas pessoas remando em um barco com uma aurora boreal ao fundo.

A Royal Canadian Mint, instituição responsável pela produção das moedas, está colocando 3 milhões de "toonies" em circulação para comemorar o 150º aniversário do Canadá.

Durante o dia, a cena aparece colorida em azul e verde. No escuro, brilha.

A moeda foi projetada pelo médico Timothy Hsia, que se disse inspirado pelo tema do concurso - "nossas maravilhas".

"Queria escolher algo que fosse realmente maravilhoso", afirmou. "E acho que não há nada mais maravilhoso do que a aurora boreal canadense."

A decisão de colocar em circulação a primeira moeda do mundo que brilha no escuro coube à Royal Canadian Mint, que também produz moedas para outros 75 países.

O porta-voz do órgão, Alex Reeves, diz que o objetivo é demonstrar "um pouco da inovação canadense junto ao orgulho pelas comemorações" dos 150 anos do país.

O país já havia experimentado a técnica de brilho no escuro em 2012, com uma moeda de 25 centavos que exibia um esqueleto de dinossauro, mas ela não chegou a entrar em circulação - teve, segundo a imprensa canadense, uma tiragem de 25 mil impressões para colecionadores, sendo vendida por cerca de 30 dólares canadenses (cerca de R$ 75).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos