Bolsas

Câmbio

Dólar caro faz almoço de Páscoa subir mais que a inflação, aponta FGV

Do UOL, em São Paulo

  • Rodrigo Azevedo

O almoço de Páscoa deste ano está, em média, 15,17% mais caro que no ano passado. O aumento ficou acima da inflação oficial, que foi de 10,37% entre março de 2015 e fevereiro de 2016.

O principal motivo é a alta do dólar, que encarece os produtos importados.

O levantamento é do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/Ibre) e foi divulgado nesta terça-feira (22). 

Segundo o economista do Ibre André Braz, os produtos nacionais também devem ficar mais caros: "Mesmo que [produtos nacionais] não sofram influência direta do câmbio, acabam subindo de preço, porque acompanham o preço dos concorrentes".

Entre os produtos mais consumidos nesse período, os que mais subiram de preço foram:

  • Bacalhau: 30,73%
  • Vinho: 28,36%
  • Azeite: 25,07%

Também tiveram aumentos:

  • Batata-inglesa: 15,61%
  • Couve: 16,26%
  • Bombons e Chocolates: 11,67%
  • Ovos de galinha: 17,36%
  • Peixes frescos: 8,47%
  • Atum: 4,54%
  • Sardinha em conserva: 4,44%
  • Azeitona em conserva: 12,99%

De acordo com a pesquisa, a alta de hortaliças e legumes foi influenciada pela seca que o país enfrentou em 2015.

(Com Agência Brasil)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos