IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Reforma da Previdência


Centrão diz que estados, BPC e capitalização serão retirados da reforma

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

12/06/2019 13h15

Líderes de partidos do Centrão disseram hoje que o relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), vai retirar do texto as mudanças na aposentadoria rural e no BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a idosos pobres. A criação do sistema de capitalização também seria retirada.

Segundo os líderes, o relator decidiu que estados e municípios não estarão na reforma. Uma alternativa que deve ser acatada, de acordo com eles, é colocar na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) um dispositivo que permita aos prefeitos e governadores validarem a reforma nas suas cidades e estados com a aprovação de uma lei ordinária, que precisa apenas de maioria simples para ser aprovada. O entendimento é que, assim, a reforma poderá ser adotada mais facilmente por eles.

A retirada dos estados e municípios da reforma passou a ser discutida por parlamentares que não querem se desgastar junto à opinião pública. Muitos deles miram a candidatura a prefeito nas eleições do ano que vem.

A expectativa dos líderes é de que a economia com a reforma, em dez anos, seja de R$ 900 bilhões, valor inferior ao almejado pelo governo Jair Bolsonaro, de R$ 1,24 trilhão.

O relatório do deputado Samuel Moreira deve ser lido amanhã, na comissão especial na Câmara dos Deputados.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que as "maiores polêmicas" vão aparecer após a apresentação do relatório de Moreira. Ele estima que o plenário vote a reforma na primeira semana de julho.

Entenda a proposta de reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Mais Reforma da Previdência