IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Reforma da Previdência


Tentativa de incluir estados na reforma pode adiar votação em uma semana

Antonio Temóteo

Do UOL, em São Paulo

26/06/2019 12h03

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou hoje que a leitura do voto complementar do relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), depende de um acordo entre os deputados sobre a inclusão de estados e municípios na proposta.

Segundo Ramos, a tendência é que esse acordo seja construído até amanhã para que ocorra a apresentação da nova versão do relatório. Com isso, a votação ficaria para a semana que vem. "Se houver entendimento sobre estados e municípios, podemos ler hoje, mas diria que a maior possibilidade é ler amanhã", afirmou Ramos ao UOL.

Ontem, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou que pretende conversar com governadores e tentar chegar a um acordo para incluir estados e municípios na proposta de reforma da Previdência ainda na comissão especial.

Embate entre governadores e deputados

Essa discussão tem gerado atrito entre os políticos. Moreira foi pressionado por governadores para que o tema fosse incluído no relatório. Por outro lado, parlamentares do Centrão (DEM, PP, PL, PSD, PTB, entre outros) têm dado declarações contrárias à inclusão dos estados e municípios na reforma.

Os deputados afirmam que os governadores não querem assumir o desgaste de aprovar mudanças na aposentadoria de servidores nas assembleias legislativas. Já os governadores declaram que todas as reformas da Previdência aprovadas no passado pelo Congresso Nacional foram estendidas para estados e municípios.

Entenda a proposta de reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Reforma da Previdência