IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Caixa antecipa saque de R$ 500 do FGTS e zera taxa para transferir de banco

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

21/10/2019 16h01Atualizada em 21/10/2019 20h23

Resumo da notícia

  • Caixa antecipou as datas para saque de até R$ 500 de cada conta do FGTS
  • Agora, todos que têm direito poderão sacar ainda neste ano
  • Nascidos em fevereiro e março recebem a partir de sexta (25/10)
  • Transferência do dinheiro para outros bancos será gratuita

A Caixa Econômica Federal antecipou as datas em que os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O novo calendário para quem não é cliente do banco foi divulgado nesta segunda-feira (veja as datas mais abaixo). Agora, todos podem sacar o dinheiro ainda este ano, antes do Natal.

A Caixa também anunciou que a transferência do dinheiro para outros bancos será gratuita. Antes, o banco havia informado que cobraria R$ 22 pelo serviço.

Veja o novo calendário para o saque de até R$ 500 de cada conta do FGTS:

  • Nascidos em janeiro: já podem sacar
  • Nascidos em fevereiro e março: recebem a partir de 25/10/2019
  • Nascidos em abril e maio: recebem a partir de 8/11/2019
  • Nascidos em junho e julho: recebem a partir de 22/11/2019
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 29/11/2019
  • Nascidos em setembro e outubro: recebem a partir de 6/12/2019
  • Nascidos em novembro e dezembro: recebem a partir de 18/12/2019

Quem tem poupança na Caixa já recebeu o dinheiro diretamente na poupança. Quem tem conta-corrente no banco pode autorizar o depósito e receberá em até 20 dias.

Quem tiver mais de uma conta poderá sacar até R$ 500 de cada uma, seja ativa (de emprego atual) ou inativa (de empregos antigos).

Todos os trabalhadores, independentemente de quando foi liberado o dinheiro, poderão receber até 31 de março de 2020.

Nascidos em fevereiro e março recebem na sexta

Nesta sexta-feira (25), a Caixa libera o pagamento de até R$ 500 de cada conta do FGTS para quem nasceu em fevereiro e março. A medida favorece 8 milhões de trabalhadores, que poderão sacar R$ 3,4 bilhões.

Veja os canais para saque e os documentos necessários:

  • Lotéricas: até R$ 100 com número do CPF e documento de identidade; até R$ 500 com número do CPF, senha do Cartão do Cidadão e documento de identidade
  • Caixas eletrônicos: até R$ 500 com número do CPF e senha do Cartão do Cidadão
  • Agências da Caixa: até R$ 500 com documento de identidade
  • Correspondentes Caixa Aqui: até R$ 500 com número do CPF, Cartão do Cidadão e senha do cartão

Para agilizar o atendimento, o trabalhador deve levar a Carteira de Trabalho.

Horários estendidos

Algumas agências da Caixa terão horário especial de atendimento para facilitar o saque do FGTS. Elas abrirão uma hora mais cedo e fecharão uma hora mais tarde na sexta (25) e na segunda-feira (28). Também abrirão no sábado (26), das 9h às 15h.

A lista de endereços poderá ser consultada no site www.fgts.caixa.gov.br (até as 20h desta segunda, a lista ainda não estava disponível).

O que é o FGTS, como funciona e quem pode sacar?

UOL Notícias

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que era informado no segundo parágrafo, a data limite para recebimento continua sendo 31 de março de 2020, e não 31 de março de 2019. A informação foi corrigida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia