PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

China veta importações de carne de 3 frigoríficos brasileiros por covid-19

Frigorífico da JBS de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul; casos de coronavírus têm crescido nesses locais - Antonio Machado/Futura Press/Estadão Conteúdo
Frigorífico da JBS de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul; casos de coronavírus têm crescido nesses locais Imagem: Antonio Machado/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 09h57Atualizada em 30/06/2020 16h13

A Administração Geral das Alfândegas da China suspendeu temporariamente a importação de carne de três frigoríficos brasileiros devido à escalada dos casos de covid-19 no Brasil, de acordo com o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

A pasta suspendeu as exportações para a China de um quarto frigorífico que foi alvo de decisão judicial em decorrência de falha nos procedimentos de prevenção e controle da disseminação do novo coronavírus entre os funcionários.

Um novo surto de covid-19 próximo a Pequim colocou a China em alerta, e suas autoridades sanitárias passaram a monitorar empresas de todo o mundo que exportam para o país.

De acordo com o Mapa, as autoridades sanitárias chinesas solicitaram informações sobre alguns estabelecimentos que exportam para o país e acabaram tendo destaque na imprensa por conta do número de casos de covid-19 entre seus trabalhadores.

Apesar de ter atendido aos pedidos da China, o Mapa disse que foi informado de maneira formal dos motivos das suspensões das importações, mas "iniciou negociações para que elas possam ser levantadas, visando à retomada por parte dessas empresas das exportações para a China".

Em nota, o Mapa informou que possui um regramento para prevenção, controle e mitigação de riscos de transmissão da covid-19 nas atividades da indústria de abate e processamento de carnes e derivados em portaria já traduzida para o mandarim e entregue à China.

Agronegócio