PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Cotações

Dólar opera em alta de 0,54%, vendido a R$ 5,515, e Bolsa cai 1,37%; acompanhe

Na sexta-feira (19) o dólar comercial fechou com desvalorização de 1,51%, vendido a R$ 5,485 - Getty Images/iStockphoto
Na sexta-feira (19) o dólar comercial fechou com desvalorização de 1,51%, vendido a R$ 5,485 Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

22/03/2021 12h22

Após quatro quedas seguidas, o dólar comercial quebrava a tendência nas operações da tarde de hoje (22). Por volta das 12h (de Brasília), a moeda norte-americana subia 0,54%, vendida a R$ 5,515.

Na sexta-feira (19) o dólar comercial fechou com desvalorização de 1,51%, vendido a R$ 5,485.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, operava em queda. Por volta das 11h48 (de Brasília), ele tinha desvalorização de 1,37%, aos 114.629,172 pontos.

Na sexta-feira (19) o Ibovespa fechou em alta 1,21%, a 116.221,578 pontos.

UOL Economia+ fará evento para quem quer investir

Entre 23 e 25 de março, o UOL Economia+ e a casa de análises Levante Ideias de Investimento realizarão evento online gratuito. O economista Felipe Bevilacqua, analista certificado e gestor especialista da Levante, comandará três grandes aulas para explicar ao leitor do UOL como assumir as rédeas do próprio dinheiro.O evento é gratuito para todos os leitores UOL. Garanta o seu lugar no evento aqui.

Ao clicar em “Enviar”, você concorda com a Política de Privacidade do Grupo UOL e aceita receber e-mails de produtos e serviços do Grupo UOL e demais empresas integrantes de seu grupo econômico. O Grupo UOL utiliza as informações fornecidas para entrar em contato ofertando produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser.

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.

PUBLICIDADE

Cotações