PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Cotações

Bolsas da Europa encerram pior dia em 17 meses; EUA e Ásia também caem

Do UOL, em São Paulo*

26/11/2021 13h43Atualizada em 26/11/2021 19h03

As Bolsas de Valores de todo o mundo registram perdas hoje diante do temor pela descoberta de uma nova variante do coronavírus na África do Sul, possivelmente resistente a vacinas.

Na Europa, o índice FTSEurofirst 300 caiu 3,71%, a 1.796 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 3,67%, a 464 pontos, em sua pior sessão em 17 meses, desde junho de 2020.

As Bolsas dos Estados Unidos, também operam em forte queda, e as da Ásia fecharam o dia em queda.

No Brasil, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, chegava a cair mais de 4%, e o dólar comercial subia.

"Com a Europa e algumas partes do norte dos EUA em uma situação problemática devido a um número já alto de novos casos e hospitalizações, essa nova cepa do vírus surge no pior momento possível", disse Peter Garnry, chefe de estratégia de ações do Saxo Bank. "As ações estão reagindo negativamente porque não se sabe nesse momento quanto as vacinas serão efetivas contra a nova cepa, e portanto isso aumenta o risco de novos lockdowns."

"O que entendemos sobre essa variante pode acelerar no fim de semana, e, se houver notícias mais preocupantes do que boas, muitas pessoas não querem ter ativos de risco na manhã de segunda-feira, ou têm medo de como a situação pode estar na segunda-feira", disse Keith Buchanan, gerente sênior de portfólio da Global Investments em Atlanta.

Veja como fecharam as principais Bolsas europeias:

  • Inglaterra: -3,64%, a 7.044 pontos
  • Alemanha:- 4,15%, a 15.257 pontos
  • França: -4,75%, a 6.739 pontos
  • Itália: -4,60%, a 25.852 pontos
  • Espanha: -4,96%, a 8.402 pontos
  • Portugal: -2,44%, a 5.425 pontos.

Veja como fecharam os principais índices norte-americanos:

  • Dow Jones Industrial Average: -2,5%
  • S&P 500: -2,3%
  • Nasdaq: -2,2%
Veja os resultados das Bolsas asiáticas e da Austrália
  • Japão: -2,53%
  • Hong Kong: -2,67%
  • China: -0,56%
  • Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen: -0,74%
  • Coreia do Sul: -1,47%
  • Taiwan: -1,61%
  • Cingapura: -1,72%
  • Austrália: -1,73%

Os temores causados pela nova variante

A nova variante tem uma proteína spike que é bastante diferente daquela do coronavírus original, sobre o qual as vacinas contra a covid-19 são baseadas. Há um temor de que essa diferença possa significar um maior escape dos imunizantes atualmente em uso e, consequentemente, um agravamento da pandemia, com aumentos de casos e mortes.

Além da África do Sul, a variante também foi encontrada em Botswana e Hong Kong, e a Grã-Bretanha proibiu voos da África do Sul e cinco países vizinhos. A Anvisa também recomendou restrições.

*Com Reuters

PUBLICIDADE

Cotações