PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

1º país a adotar bitcoin como moeda oficial pede paciência após forte queda

bitcoin, queda, criptomoedas, gráfico - Getty Images
bitcoin, queda, criptomoedas, gráfico
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/06/2022 14h52

Um dos entusiastas na adoção do bitcoin como moeda oficial de El Salvador, em setembro do ano passado, o presidente do país, Nayib Bukele, agora pede "paciência" e aconselha as pessoas a "não olharem para o gráfico", após da queda vertiginosa da principal criptomoeda do mundo.

O bitcoin caiu no sábado (18) para US$ 17.592,78 (ou R$ 90,2 mil na cotação atual), recuando abaixo de US$ 20 mil (R$ 103 mil) pela primeira vez desde dezembro de 2020.

"Vejo que algumas pessoas estão preocupadas ou ansiosas com o preço de mercado bitcoin", escreveu ele. "Meu conselho: pare de olhar para o gráfico e aproveite a vida. Se você investiu em BTC [bitcoin] , seu investimento é seguro e seu valor crescerá imensamente após o mercado em baixa. Paciência é a chave", acrescentou.

El Salvador tornou-se em 7 de setembro de 2021 o primeiro país do mundo a usar oficialmente o bitcoin, legalizando o uso da criptomoeda em todas as transações, como o dólar americano, moeda oficial há duas décadas.

Na semana passada, os valores de El Salvador com bitcoin haviam caído pela metade, depois que o investimento de mais de US$ 100 milhões (ou R$ 515,6 milhões) anunciado pelo governo nos últimos meses perdeu mais de 50% do valor.

A compra das 420 moedas, em outubro, por mais de US$ 59 mil dólares cada (R$ 304 mil) um total de quase US$ 25 milhões, agora vale US$ 9,5 milhões.

Bukele afirmou no Twitter pelo menos quatro vezes que El Salvador fez as operações com vantagem.

No início deste ano, o FMI (Fundo Monetário Internacional) instou El Salvador a retirar o bitcoin, considerando que o uso dessa criptomoeda envolve "grandes riscos associados".