IPCA
0,26 Set.2023
Topo

Salário mínimo em 2023 será mesmo de R$ 1.302 ou pode ser maior?

O senador eleito Wellington Dias (PT), que coordena na equipe de transição de Lula as tratativas em torno do novo Orçamento - TON MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
O senador eleito Wellington Dias (PT), que coordena na equipe de transição de Lula as tratativas em torno do novo Orçamento Imagem: TON MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Brasília

14/12/2022 04h00

A equipe do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, quer que o salário mínimo suba para R$ 1.320 em 2023, e não para R$ 1.302 como definido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em Medida Provisória (MP) publicada na segunda-feira (12).

O QUE ESTÁ SENDO DISCUTIDO

  • Por enquanto, o valor que está valendo para o salário mínimo é de R$ 1.302, a partir de 1º de janeiro de 2023. Atualmente o salário mínimo está em R$ 1.212.
  • O valor poderá ser maior caso a PEC (Proposta de emenda à Constituição) da Transição seja aprovada no Congresso, diz o senador eleito Wellignton Dias (PT-PI), responsável por negociar o orçamento com os parlamentares.
  • Depois da posse, Lula pode editar nova medida provisória com um valor maior que o definido pela MP de Bolsonaro.

O valor do reajuste acima do que foi proposto por Bolsonaro já vinha sendo discutido pela equipe de Lula desde a campanha. Logo após a eleição, o senador eleito Wellington Dias (PT-PI) disse que seria possível implementar uma nova regra de reajuste, considerando a média do PIB (Produto Interno Bruto, referência para o crescimento da economia) dos últimos cinco anos.

Quando a gente fala de reajuste a partir de 1º de janeiro, a ideia do presidente Lula é já dar esse valor reajustado com ganho real
Wellington Dias

O custo para bancar o salário mínimo em R$ 1.320 é de R$ 6,8 bilhões a partir de janeiro. O valor consta do texto apresentado na segunda (12) pelo relator do Orçamento, senador Marcelo Castro (MDB-PI). A verba vai sair do montante que estava reservado para pagar o Auxílio Brasil e ficará disponível se a PEC da Transição for aprovada.

TRAMITAÇÃO

  • PEC deve ser analisada nesta semana na Câmara dos Deputados
  • Para ser aprovada, PEC deve ter os votos de três quintos (308) do total de deputados (513) em dois turnos de votação
  • Depois da PEC, parlamentares ajustam proposta orçamentária
  • Só então o valor do salário mínimo em 2023 é oficializado
  • Depois da posse, Lula pode editar medida provisória com o novo valor

ÍNDICE DE INFLAÇÃO

  • A regra para o reajuste do salário mínimo é que o valor deve ser aumentado de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor)
  • Em julho, quando enviou a proposta do Orçamento de 2023, a equipe de Bolsonaro considerou que a o INPC ficaria em 7,41% entre janeiro e dezembro de 2022
  • Assim, o governo Bolsonaro determinou o valor de R$ 1.302
  • Não havia previsão de reajuste com aumento real (acima da inflação)
  • No entanto, o INPC deve ficar em 5,81% em 2022
  • Com isso, o reajuste proposto por Bolsonaro apresenta ganho real em torno de 1,5%

PROMESSA DE CAMPANHA DE LULA

  • O aumento real do salário mínimo foi uma das promessas de campanha de Lula
  • O PT fez um cálculo e concluiu que seria possível pagar R$ 1.320 caso abrisse espaço no Orçamento com a PEC da Transição

Wellington Dias diz que há 38 milhões de pessoas que ganham o piso nacional.

Aqueles R$ 6,8 bilhões necessários para suportar o aumento do salário mínimo vão alavancar cerca de R$ 53 bilhões na economia, pelo que representa essa estratégia. São 38 milhões de pessoas que ganham salário mínimo
Wellington Dias

Últimos reajustes: Durante os governos Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer, o valor foi corrigido por um cálculo que considerava a inflação do ano anterior mais o crescimento do PIB nos últimos dois anos com uma projeção para o ano seguinte. Em 2011, Dilma transformou a regra em lei e instituiu uma política de valorização do salário mínimo até 2014. Ela repetiu a iniciativa em 2015 e estendeu a medida até 2019.

Desde 2019, não há mais uma lei atrelando o resultado do PIB à correção do salário. O governo Bolsonaro não elaborou um projeto de lei para substituir a lei anterior, que perdeu a validade. Na época, a avaliação foi de que o reajuste real prejudicaria as contas públicas.

Caso seja aprovado o valor de R$ 1.320, o salário mínimo terá um ganho real de cerca de 3% em 2023, segundo Wellington Dias.