IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

'Falência mais rápida da história': cripto ligada a golpe em Scarpa quebrou

Gustavo Scarpa sofreu o golpe antes de ir para a Inglaterra - Mike Egerton/PA Images via Getty Images
Gustavo Scarpa sofreu o golpe antes de ir para a Inglaterra Imagem: Mike Egerton/PA Images via Getty Images

Colaboração para o UOL

14/03/2023 04h00

Entre as empresas que o lateral Mayke e o meio-campista Gustavo Scarpa acusam de um golpe milionário, está a Xland. O empresário Gabriel Nascimento, um dos sócios da corretora, afirmou que ela foi vítima da FTX.

O que é a FTX?

A plataforma de compra e venda de criptomoedas FTX tinha sede nos EUA. Encerrou as atividades em novembro do ano passado em meio a acusações de fraude.

Foi fundada em 2019 por Sam Bankman-Fried, ex-operador de Wall Street, e por Gary Wang, ex-funcionário do Google. Era considerada uma das plataformas mais confiáveis do mercado e também a segunda maior Bolsa do tipo do mundo.

  • Corretoras permitem que pessoas (físicas e jurídicas) comprem e vendam ativos.
  • FTX, corretora de criptomoedas, negociava moedas digitais.
  • A empresa chegou a valer cerca de US$ 32 bilhões (aproximadamente R$ 167 bilhões) no ano passado.

No entanto, a empresa colapsou em novembro de 2022. Após o vazamento de documentos que expunham a situação das contas da corretora, os clientes começaram a sacar o dinheiro que mantinham nela. Assim, a FTX quebrou. Bankman-Fried pediu recuperação judicial na Justiça norte-americana e renunciou ao cargo de CEO.

A FTX Trading [...] e aproximadamente 130 companhias afiliadas ao FTX Group iniciaram o procedimento voluntário do capítulo 11 da lei de falências nos Estados Unidos, para avaliar seus ativos.
Comunicado publicado no Twitter da FTX em 11/11/2022

Queda da FTX abalou o mundo das criptomoedas

O anúncio do colapso da FTX aumentou os temores dos investidores sobre o futuro da indústria das criptomeadas. Na época, por exemplo, diversas plataformas do setor suspenderam os saques.

"Foi a falência corporativa mais rápida da história" dos EUA, disse o responsável do Departamento de Justiça dos Estados Unidos pelo processo judicial da corretora. Na época, a BBC informou que, de acordo com o processo, a empresa deve a seus 50 maiores credores quase US$ 3,1 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões).

O brasileiro Gabriel Nascimento, um dos sócios da Xland, afirmou ao programa Fantástico, da TV Globo, que sua empresa também foi vítima da FTX. O empresário garantiu ter documentos que comprovam as transações e que vai entrar na fila de credores.

Cofundador preso

- - Dante Carrer/REUTERS - Dante Carrer/REUTERS
Sam Bankman-Fried, fundador e ex-CEO da exchange de criptomoedas FTX, sendo escoltado para fora do prédio do Magistrate Court em Nassau, Bahamas
Imagem: Dante Carrer/REUTERS

Em dezembro do ano passado, Sam Bankman-Fried foi preso por "crimes financeiros" contra as leis dos Estados Unidos e das Bahamas. Em janeiro, ele lançou uma newsletter e falou pela primeira vez desde sua prisão.

Eu não roubei fundos e certamente não guardei bilhões.
Sam Bankman-Fried

Enquanto aguarda julgamento, ele está em prisão domiciliar na casa de seus pais em Palo Alto, Califórnia (EUA).