IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Cotações


Índices da China têm pior dia em um mês após dados fracos de PIB

Luoyan Liu e Andrew Galbraith

Em Xangai

18/10/2019 07h39

O mercado acionário da China recuou hoje, registrando a queda diária mais forte em um mês para terminar a semana com perdas, depois que dados de crescimento mais fracos do que o esperado aprofundaram as preocupações com a saúde da segunda maior economia do mundo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 1,42%, enquanto o índice de Xangai teve baixa de 1,32%.

Na semana, o CSI300 recuou 1,1%, enquanto o SSEC caiu 1,2%.

O crescimento econômico da China no terceiro trimestre desacelerou mais do que o esperado e para o ritmo mais fraco em quase três décadas, conforme a guerra comercial com os Estados Unidos afeta a produção industrial.

Dados fracos da China nos últimos meses têm destacado a demanda mais fraca interna e externa. Ainda assim, a maioria dos analistas diz que o escopo para um estímulo agressivo é limitado em uma economia já com um grande volume de dívida após ciclos anteriores de afrouxamento.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,18%, a 22.492 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,48%, a 26.719 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,32%, a 2.938 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,42%, a 3.869 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,83%, a 2.060 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,06%, a 11.180 pontos.

. Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,38%, a 3.114 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,52%, a 6.649 pontos.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Cotações