IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

PIB sugere crescimento mais modesto, expectativa é de recuperação, diz Fazenda

Dinheiro, real, carteira, economia, pib, dívida - SOPA Images / LightRocket via Getty Images
Dinheiro, real, carteira, economia, pib, dívida Imagem: SOPA Images / LightRocket via Getty Images

02/03/2023 11h09

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério da Fazenda afirmou nesta quinta-feira que os dados do Produto Interno Bruto de 2022 divulgados mais cedo sugerem um ritmo mais modesto de crescimento para este ano, mas ressaltou que ainda assim há uma expectativa de recuperação da atividade na margem diante da safra recorde estimada para 2023 e de medidas como a valorização do salário mínimo e aumento da faixa de isenção do imposto de renda.

"Em contrapartida, vale citar como vetor negativo para o crescimento prospectivo a política monetária no campo significativamente contracionista", afirmou a Secretaria de Política Econômica do ministério em nota.

"O setor externo pode ser outro vetor de desaceleração, a depender do ritmo de arrefecimento da atividade global em função do ciclo de aperto monetário nas economias centrais, com destaque para os EUA e Europa."

O IBGE informou nesta quinta que o PIB do Brasil encolheu 0,2% no quarto trimestre de 2022 sobre o trimestre imediatamente anterior, com alta no ano de 2,9%. Os dados vieram, no geral, em linha com o esperado pelo mercado.

A secretaria estimou que o carregamento estatístico do PIB de 2022 para 2023 é de 0,2%.

(Por Bernardo Caram e Isabel Versiani)