IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Shein estabelece parceria com empresas de tecidos de Minas Gerais

Hoje, Shein anunciou investimento de R$ 750 milhões na produção de mercadorias no Brasil - Reprodução
Hoje, Shein anunciou investimento de R$ 750 milhões na produção de mercadorias no Brasil Imagem: Reprodução

André Romani e Patricia Vilas Boas

Em São Paulo

20/04/2023 20h33Atualizada em 20/04/2023 20h49

A Shein estabeleceu uma parceria com a empresa brasileira de tecidos Coteminas e sua coligada Santanense, ambas de Minas Gerais, mostrou fato relevante da controladora das duas, Springs Global, nesta quinta-feira, na esteira do anúncio de investimentos milionários no Brasil nos próximos anos.

Segundo o documento, o "memorando de entendimentos" assinado com a empresa com sede em Cingapura envolve o financiamento para reforço de capital de trabalho das companhias brasileiras, contratos de exportação de produtos para o lar e esforços para que 2 mil de seus clientes passem a fornecer à Shein.

O documento acrescenta que as medidas são para atender à demanda do mercado local e regional.

Mais cedo, a marca de fast fashion da China anunciou que irá investir R$ 750 milhões na produção de suas mercadorias no Brasil, e que pretende fazer uma parceria com 2 mil fabricantes no país, que deve gerar 100 mil empregos nos próximos três anos.

A Shein prevê que cerca de 85% de suas vendas no Brasil deverão ser de fabricantes e vendedores regionais até o final de 2026.

As medidas surgem após a polêmica em torno da ação do governo para pôr fim à isenção tributária para encomendas internacionais de até 50 dólares entre pessoas físicas, o que poderia ameaçar o reinado das empresas de comércio eletrônico asiáticas como Shein e Shopee no Brasil. Com a repercussão negativa, o governo voltou atrás na decisão.