PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Se você não se abaixar ao desembarcar de helicóptero, pode ser decapitado?

Abaixar para se aproximar ou se afastar de alguns helicópteros evita acidentes que podem ser fatais - Geoffrey Gilbert/National Science Foundation
Abaixar para se aproximar ou se afastar de alguns helicópteros evita acidentes que podem ser fatais Imagem: Geoffrey Gilbert/National Science Foundation

Por Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, de São Paulo

09/06/2021 04h00

O embarque e desembarque de um helicóptero pode ser um momento perigoso para os passageiros. Desembarcar com o corpo levemente abaixado pode ser crucial em algumas situações para evitar acidentes graves, que podem ser fatais.

As pás do rotor principal, que é aquele que fica em cima do helicóptero, são levemente flexíveis. Com isso, podem se mexer para cima e para baixo, atingindo quem estiver próximo do corpo da aeronave quando ela está em funcionamento, causando até decapitações. Embora isso seja raro, sempre é recomendado ter algum cuidado.

Não levante os braços

Segundo Aline Ricci Maia, piloto de helicóptero na Helimarte, como são muitos modelos existentes, é bom saber em qual deles pode ser necessário se abaixar.

"Em alguns helicópteros, o rotor principal é realmente baixo, e é preciso sair abaixado. Em outros, esse rotor é mais alto, e não há essa necessidade. Ainda assim, pedimos para que os passageiros não levantem os braços nem pulem enquanto estão próximos à aeronave", diz Maia.

Também é preciso observar, caso o rotor seja mais alto, se ele não está inclinado, como quando o pouso é feito em terrenos irregulares ou devido ao vento.

Há também helicópteros com o rotor projetado para que as pás sejam mais baixas na parte da frente, o que dá a falsa ilusão de segurança, já que a parte de trás fica mais alta.

Pau de selfie é problema

Uma outra cautela que precisou ser tomada nos últimos anos é com os bastões para fazer fotos.

"Um de nossos maiores problemas recentes é o pau de selfie. Nós, pilotos, pedimos para que ele nunca seja levantado perto do helicóptero, pois pode atingir as pás e acabar machucando alguém", informou a piloto.

Helicóptero pousa - Matt Herbst/Dep. de Defesa dos EUA - Matt Herbst/Dep. de Defesa dos EUA
Equipe aguarda pouso de helicóptero abaixada para evitar acidentes
Imagem: Matt Herbst/Dep. de Defesa dos EUA

Mesmo em casos onde os rotores são mais elevados, esse acessório fotográfico pode terminar batendo nas pás, gerando algum acidente.

Crianças de colo devem ser levadas na altura máxima do rosto de quem as está carregando. Ou seja, nada de colocar a criança nos ombros, o que aumenta consideravelmente os riscos.

Na dúvida, fale com o comandante

Zona de segurança para aproximar em um helicóptero - Alexandre Saconi - Alexandre Saconi
Zonas de segurança para se aproximar e se afastar de um helicóptero
Imagem: Alexandre Saconi

É muito importante sempre ficar atento aos profissionais envolvidos na operação com o helicóptero. Com as pás rodando em alta velocidade e a dificuldade dos pilotos em observar tudo à volta da aeronave, seguir fielmente as recomendações de segurança é fundamental.

Diferentemente de um carro, onde as pessoas costumam desembarcar e ir para a parte de trás para não serem atingidas, no helicóptero a operação deve ser diferente.

Na traseira, é onde fica o rotor de cauda, mais baixo que o rotor principal, e que se torna difícil de ser visto quando está em funcionamento, devido à sua velocidade.

As áreas mais seguras para se aproximar ou se afastar de um helicóptero são as laterais. Em seguida, a parte da frente, mas, ainda assim, com cautela. Nunca pela parte de trás.

"Na dúvida, lembre: esteja sempre com contato visual com o piloto. Se você não consegue ver o piloto, é porque você está no lugar errado", diz a Aline. "Em caso de dúvidas, pergunte ao comandante como proceder."