IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

REPORTAGEM

Lula tem frota de aviões e helicópteros à sua disposição; veja modelos

Presidente da República e altas autoridades possuem uma frota especial de transporte da Aeronáutica - Força Aérea Brasileira
Presidente da República e altas autoridades possuem uma frota especial de transporte da Aeronáutica Imagem: Força Aérea Brasileira

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/01/2023 12h11

Esta é a versão online da newsletter Todos a Bordo enviada hoje (25). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá à sua disposição uma frota de aviões e helicópteros enquanto estiver no cargo.

Como é a frota

  • Ela é composta por um grupo de helicópteros e aviões de diferentes tipos, que podem ser usados a serviço ou por questões de segurança e sempre servem aos mandatários nacionais.
  • Todas as aeronaves são de responsabilidade da FAB (Força Aérea Brasileira) e fazem parte do GTE (Grupo de Transporte Especial), que completa 82 anos em 2023.
  • Cada uma é escolhida de acordo com a distância de voo, duração, segurança, disponibilidade, entre outros fatores.
  • O presidente usa, prioritariamente, os VC-1 e VC-2, enquanto as outras aeronaves são utilizadas com maior frequência por outras autoridades.

As aeronaves em utilização hoje são as seguintes

VC-1 (Airbus 319)

GTE - Suboficial Johson/Força Aérea Brasileira - Suboficial Johson/Força Aérea Brasileira
Comissárias de bordo do avião presidencial VC-1, um Airbus A319 batizado de Santos Dumont
Imagem: Suboficial Johson/Força Aérea Brasileira

Curiosidade: Ele foi batizado de Santos Dumont e apelidado de Aerolula, por ter sido comprado durante o primeiro mandato do petista
Envergadura (distância de ponta a ponta da asa): 35,8 metros
Comprimento: 33,8 metros
Altura: 11,8 metros
Peso vazio: 42 toneladas
Velocidade máxima: 985 km/h
Altitude máxima de voo: 12.496 m

VC-2 (Embraer 190)

GTE - Tenente Enilton Kirshhof/Força Aérea Brasileira - Tenente Enilton Kirshhof/Força Aérea Brasileira
Um avião Embraer E190 com a designação VC-2 a serviço do presidente da República
Imagem: Tenente Enilton Kirshhof/Força Aérea Brasileira

Curiosidade: Existem dois VC-2, que foram batizados como Bartolomeu de Gusmão e Augusto Severo
Envergadura: 28,7 metros
Comprimento: 38,6 metros
Altura: 10,3 metros
Peso vazio: 28,1 toneladas
Velocidade máxima: 859 km/h
Altitude máxima de voo: 12.496 metros

VC-99 (Embraer 135 e 145 e Legacy 600)

GTE - Cabo André Feitosa/Força Aérea Brasileira - Cabo André Feitosa/Força Aérea Brasileira
Aeronaves VC-99 do Grupo de Transporte Especial da Aeronáutica
Imagem: Cabo André Feitosa/Força Aérea Brasileira

Modelo Embraer ERJ145 (VC-99A)
Envergadura: 21 metros
Comprimento: 29,9 metros
Altura: 6,8 metros
Peso vazio: 17,9 toneladas
Velocidade máxima: 830 km/h
Altitude máxima de voo: 11.278 metros

Modelo Embraer Legacy 600 (VC-99B)
Envergadura: 21 metros
Comprimento: 26 metros
Altura: 6,8 metros
Peso vazio: 13,7 toneladas
Velocidade máxima: 870 km/h
Altitude máxima de voo: 12.496 metros

Modelo Embraer ERJ135 (VC-99C)
Envergadura: 20 metros
Comprimento: 26,3 metros
Altura: 6,8 metros
Peso vazio: 16 toneladas
Velocidade máxima: 830 km/h
Altitude máxima de voo: 11.278 metros

VH-35 (EC-135)

GTE - Suboficial Johson Barros/Força Aérea Brasileira - Suboficial Johson Barros/Força Aérea Brasileira
VH-35 da FAB em 2008. Modelo é usado no transporte de autoridades
Imagem: Suboficial Johson Barros/Força Aérea Brasileira

Comprimento: 12,2 metros
Altura: 3,5 metros
Peso Vazio: 1.455 kg
Velocidade máxima: 259 km/h
Altitude máxima de voo: 6.096 metros
Diâmetro do rotor principal: 10,20 metros

VH-36 Caracal (EC-725)

GTE - Sargento Paulo Rezende/Força Aérea Brasileira - Sargento Paulo Rezende/Força Aérea Brasileira
VH-36 Caracal, utilizado no transporte presidencial e de outras autoridades
Imagem: Sargento Paulo Rezende/Força Aérea Brasileira

Comprimento: 16,79 metros
Altura: 4,97 metros
Peso vazio: 5,3 toneladas
Velocidade máxima: 324 km/h
Altitude máxima de voo: 6.095 metros
Diâmetro do rotor principal: 16,20 metros

Outras aeronaves

No passado, os presidentes também tiveram à sua disposição aeronaves como os helicópteros VH-55 Esquilo (modelo da família AS350) e VH-34 Super Puma (modelo da família AS332).

Em 1976, foram incorporados à frota do GTE dois Boeings 737-200, denominados VC-96. Apelidados de Sucatinha, hoje um deles está no Musal (Museu Aeroespacial), no Rio de Janeiro, enquanto o outro se encontra em um gramado em Foz do Iguaçu.

GTE - Divulgação/FAB - Divulgação/FAB
Sucatão, avião usado pelos presidentes do Brasil entre 1986 e 2005
Imagem: Divulgação/FAB

Outro foi o Sucatão, um Boeing 707 com a designação militar de KC-137. O apelido foi dado por causa da idade da aeronave, que foi fabricada em 1968 e só deixou de ser o principal avião de transporte presidencial com o início dos voos com o Aerolula, em 2005.

GTE - FAB - FAB
Aeronaves do GTE, responsável pelo transporte do presidente e de outras autoridades
Imagem: FAB

********

LEIA MAIS NA NEWSLETTER