IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

REPORTAGEM

O acidente aéreo que matou 3 estrelas do rock de uma vez só

Buddy Holly, Ritchie Valens e J.P. "The Big Bopper" Richardson: Estrelas do rock morreram em acidente de avião em 1959 - Montagem/UOL
Buddy Holly, Ritchie Valens e J.P. 'The Big Bopper' Richardson: Estrelas do rock morreram em acidente de avião em 1959
Imagem: Montagem/UOL

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/02/2023 12h24

Esta é a versão online da newsletter Todos a Bordo enviada hoje (01). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

No dia 3 de fevereiro de 1959, o rock sofreu uma de suas maiores tragédias. O ritmo, ainda em seus primeiros anos de vida, perdia três de seus maiores nomes até então em um acidente aéreo após um show.

Estrelas em ascensão

  • Buddy Holly, aos 22 anos, intérprete de sucessos como "That'll Be The Day" e "Peggy Sue"
  • Ritchie Valens, aos 17 anos, autor de "La Bamba" e "Come On, Let's Go"
  • Jiles Perry Richardson Jr., o "The Big Bopper", aos 28 anos, intéprete de "Chantilly Lace" e " The Big Bopper"

À época, Buddy Holly estava na turnê "Winter Dance Party" nos Estados Unidos. Valens e Richardson se juntaram a ele nos shows.

Após a apresentação em Clear Lake, Iowa (EUA), em 2 de fevereiro, a próxima parada seria em Moorhead, Minnesota.

Problemas com o ônibus

  • O ônibus da turnê não era dos mais confortáveis, e o aquecimento estava quebrado.
  • A época era de neve, e vários casos de doenças relacionadas ao frio atingiram os artistas, como resfriados e congelamento dos dedos.
  • Como os destinos da turnê eram muito distantes entre si e as condições de viagem não eram das mais favoráveis, Holly optou por fretar um voo para chegar ao próximo show.

Troca de lugares

  • O voo foi agendado para levar, além de Buddy Holly, Waylon Jennings e Tommy Allsop, integrantes de sua banda.
  • Jennings, o baixista, cedeu seu lugar a Big Booper, que havia contraído uma gripe.
  • Valens pediu o lugar de Allsop no voo, que foi decidido no cara ou coroa.
  • Ao saber que Jennings iria no ônibus, Holly brincou e disse a ele que esperava que o ônibus quebrasse.
  • Ao ouvir, o baixista respondeu "espero que seu velho avião caia".
  • Em entrevista décadas após o acidente, o músico disse ter pensado por anos que ele é quem teria causado a tragédia.

A queda

Destroços - Reprodução/Paramount - Reprodução/Paramount
Destroços do avião que levava Buddy Holly, Ritchie Valens e The Big Bopper
Imagem: Reprodução/Paramount
  • O avião, um Beechcraft Bonanza, decolou do aeroporto municipal da cidade de Mason City por volta de 0h55min, horário local.
  • O piloto era Roger Peterson, de 21 anos.
  • Hubert Dwyer, o dono do avião, acompanhou o começo do voo e, em poucos minutos, viu as luzes da aeronave descendo em direção ao solo.
  • No dia seguinte, às 9h35, os destroços foram encontrados em uma plantação a poucos quilômetros do local da decolagem.
  • A investigação apontou que o piloto errou na interpretação dos instrumentos por ter pouca experiência naquela situação de voo, levando à morte de todos a bordo no impacto.
  • Até os dias atuais, milhares de pessoas visitam o local da queda anualmente, onde existe um memorial em homenagem às vítimas.

'American Pie'

  • O acidente passou a ser chamado "O Dia que a Música Morreu" a partir da década de 1970.
  • O compositor Don McLean escreveu a música American Pie, um dos maiores sucessos dos EUA.
  • A música foi eleita a quinta melhor do século 20 em votação promovida pela Associação Americana da Indústria de Gravação.
  • Nela, ele se refere à tragédia como sendo O dia que a Música Morreu, tanto em seu início como em diversos outros trechos.
  • Os versos iniciais falam da nostalgia do autor em relação à música do passado, e como o mês de fevereiro o faz arrepiar com as manchetes de jornal, no caso, da morte dos astros do rock.

Monumento ao 'Dia em que a Música Morreu', no local da queda do avião que matou B. Holly, R. Valens e Big Bopper - Dennis Fernkes - Dennis Fernkes
Imagem: Dennis Fernkes

O acidente nas telas

  • Em 2022 foi lançado o documentário "O Dia que a Música Morreu: A história de 'American Pie' de Don McLean", disponível na Paramount+.
  • Nele são contados vários detalhes sobre o acidente e o processo de criação da composição que começa falando sobre a tragédia.
  • A cinebiografia musical "La Bamba" (1987), disponível na Netflix, conta a história de Ritchie Valens.
  • Nela, Lou Diamond Phillips interpreta o músico, e o acidente não fica de fora da história.
  • O longa "The Buddy Holly Story" (1978) traz Gary Busey interpretando o cantor.
  • O filme termina falando sobre o acidente, e completa: "E o resto é Rock and Roll"

LEIA MAIS NA NEWSLETTER