PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Quais os investimentos melhores que a poupança em 2022?

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

25/01/2022 04h00

A poupança já foi sinônimo de segurança e tranquilidade para quem deseja investir. Com a evolução constante do mercado financeiro ela ficou para trás nesses quesitos há algum tempo.

Hoje a poupança rende pouco (em alguns momentos perde para a inflação), perdeu o posto de investimento mais seguro e surgiram diversas aplicações que completam todas essas desvantagens. Se você tem dinheiro hoje na poupança, já passou na hora de procurar opções melhores. Vou listar quais ativos podem substituir a caderneta com mais rentabilidade e segurança.

Rentabilidade

O grande problema da caderneta é a rentabilidade do seu dinheiro. A poupança tem várias regras que limitam o quanto você ganha com ela e no longo prazo isso é bastante prejudicial ao seu bolso.

A primeira regra é a do aniversário. A rentabilidade do seu dinheiro só é consolidada após um mês do depósito do valor na caderneta. Funciona assim: se você depositar R$ 100 na poupança no dia 11 deste mês, você só terá ganhos em cima desse valor no dia 11 do próximo mês. Se você precisar sacar esse dinheiro antes do dia 11, toda a rentabilidade que você teria no período é perdida.

Além disso, existe um teto de rentabilidade mensal para a poupança. Quando a taxa Selic (taxa básica de juros do Brasil) está igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a poupança rende 70% da Selic mais a TR (Taxa Referencial). A partir do momento em que a taxa Selic passa a render mais de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês mais a TR. A inflação fechou 2021 em mais de 10%.

Substitutos

Os investimentos para substituir a poupança precisam ter as seguintes características: alta liquidez (possibilidade de poder sacar seu dinheiro a qualquer momento), segurança e baixa volatilidade (ou seja, pouca variação do valor ao longo do tempo). Por esse motivo, não são todos os ativos que são habilitados para esse fim.

O primeiro investimento para quem deseja sair da poupança é o Tesouro Selic. Ele é um ativo emitido pelo governo federal e a rentabilidade dele segue diretamente a taxa Selic, ou seja, quando a taxa sobe, seu rendimento sobe. Quando a Selic desce, sua rentabilidade diminui.

É importante você saber que o Tesouro Selic tem desconto de Imposto de Renda sobre o lucro do seu investimento. Esse desconto diminui com o passar do tempo, mas mesmo com essa desvantagem o Tesouro Selic rende mais que a poupança. O investimento mínimo no Tesouro Selic é de aproximadamente R$ 110.

Outra opção para quem deseja sair da poupança são os CDBs de liquidez diária. Existem dezenas de opções desses ativos e é preciso ficar atento à rentabilidade antes de você colocar seu dinheiro em um deles, que deve ser superior a 100% do CDI. Caso seja menor que esse valor você pode ter ganhos menores que os da poupança. O valor mínimo para investir varia de banco para banco e em alguns não existe aplicação mínima.

Ambos os investimentos apresentados são bastante seguros e tranquilos para quem quer dar os primeiros passos fora da poupança.