PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Coisas para fazer aos 20 anos se quer ficar rico aos 30

Michael Longmire
Imagem: Michael Longmire
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

27/04/2022 04h00

Pergunte a qualquer multimilionário qual é um dos maiores arrependimentos que ele tem na vida. Garanto que muitos deles vão responder que gostariam de ter começado antes, de ter mudado várias atitudes quando eram jovens. Concordo com isso. Comecei a investir com 27 anos e tenho certeza de que se começasse antes minha história seria diferente.

Se você hoje tem 20 anos, existem várias atitudes que podem tomar agora para facilitar muito o seu processo de crescimento e enriquecimento nas próximas décadas. Separei alguns pontos para os quais considero fundamental dar atenção hoje.

Pense bem com quem você vai passar sua vida

Tenho certeza de que essa é uma opinião polêmica e muitas pessoas vão me considerar interesseira ou insensível, mas é preciso entender uma coisa: por mais que você ame a pessoa com quem está casado, ou vai se casar, infelizmente o dinheiro influi muito nas brigas e decisões do casal.

Se você hoje é uma pessoa bastante responsável financeiramente, mas está junto de outra que não tem interesse em cuidar do dinheiro, está na hora de terem uma conversa aberta em relação a isso.

Em algum momento da sua vida isso pode virar um conflito grande. Não é incomum fazermos alguns sacrifícios para podermos investir todos os meses. Para muitas pessoas essas atitudes fazem todo o sentido, enquanto que para outras isso é impensável.

Em todo o caso, ter uma comunicação clara em relação a expectativas e objetivos no futuro é imprescindível. Não espere até esse assunto virar motivo de briga para conversar sobre dinheiro.

Aprenda a ser pão-duro

Quando estava aprendendo a cuidar das finanças, aprendi uma frase que carrego para a vida inteira: "Pare de querer impressionar pessoas que não se importam com você com um dinheiro que você não tem".

Se você entender e praticar isso aos 20 anos, tenho certeza de que no resto da sua vida você vai estar muito mais tranquilo financeiramente que as pessoas que hoje só ostentam mas não têm um real guardado na conta.

Faça escolhas conscientes com seu dinheiro. É muito tentador comprar um carro ou uma casa quando as condições financeiras permitem, mas nem sempre isso é uma boa ideia. Essas aquisições geram dívidas que persistem por anos e impedem o seu crescimento no longo prazo.

Seja um eterno insatisfeito

Por melhor que minha empresa esteja, por melhor que meus ganhos estejam, eu não fico satisfeita nunca. Sempre quero o melhor, sempre quero mais e acredito ter sido esta a motivação para levar hoje a vida com a qual sempre sonhei.

Se hoje você está num emprego no qual ganha bem, já fique de olho e procure um que paga melhor e já faz um plano para consegui-lo. O que você precisa fazer para ganhar esse cargo? Qual caminho precisa percorrer para isso?

Muitas vezes, sua insatisfação vai fazer você enfrentar decisões difíceis. Por exemplo, eu, antes de ser educadora financeira, trabalhava como administradora. Até ganhava bem, mas queria mais, queria ter liberdade. Para isso, sabia que tinha que abrir um negócio próprio.

Fiz as contas e percebi que, para eu me tornar educadora financeira, teria de fazer uma série de cursos, passar diversos finais de semana viajando e trabalhando e isso me custaria R$ 30 mil. Naquele momento, esse valor faria muita falta, mas mesmo assim decidi tomar a decisão de prosseguir com os cursos, e valeu muito a pena. Hoje vivo como educadora financeira e minha empresa cresce cada dia mais.

Aproveite que você é novo para tentar coisas diferentes e não tenha medo de errar. Isso faz parte do processo de crescimento e te dará muita bagagem para enfrentar os próximos anos com muita confiança.