PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como fazer sobrar dinheiro em 2022 para investir todo mês

Morsa Images/iStock
Imagem: Morsa Images/iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

05/01/2022 04h00

Muito mais importante do que escolher bons investimentos ou surfar nas oportunidades do mercado é ser constante nos seus aportes mensais. Investir todos os meses é fundamental para quem deseja garantir uma aposentadoria mais tranquila ou mesmo realizar objetivos que necessitam de um valor alto para alcançar.

Nem sempre é fácil aplicar todos os meses, porém, com algumas dicas e alguns métodos, é possível alcançar essa meta sem precisar fazer tantos sacrifícios e mantendo uma rotina saudável com seu dinheiro.

PLANEJE

Não dá para pensar em poupar sem antes planejar suas finanças. O primeiro passo para se tornar um investidor é descobrir qual caminho sua grana segue assim que cai na sua conta. Liste todos os gastos que você tem no seu dia a dia e no mês.

Separe os seus gastos em dois grandes grupos: fixos e variáveis. Os fixos são aqueles que aparecem todos os meses, como conta de água, de luz, de telefone, dívidas, transporte e educação. Os variáveis são os que mudam todos os meses, como lazer.

Na hora de fazer os cortes, foque nos gastos fixos. Eles são os que menos impactam na sua qualidade de vida e toda redução que você consegue neles vai durar por meses. Uma boa divisão do seu salário entre gastos fixos, variáveis e investimentos é 50% para os fixos, 30% para os variáveis e 20% para investir.

COMECE AOS POUCOS

Um dos maiores erros na hora de começar a poupar dinheiro é criar uma meta grande e ficar frustrado por não conseguir alcançá-la. Por exemplo: querer guardar 15% do seu salário logo no primeiro mês ou chegar aos R$ 20 mil investidos no primeiro ano como investidor.

Tenha calma, crie metas pequenas e aos poucos aumente os números. Por exemplo, no primeiro mês tente poupar 5% dos seus ganhos. No segundo, 7% e assim por diante. Com o tempo você aprende onde pode economizar e como pode gerar mais renda para alcançar suas metas.

CONTE AOS FAMILIARES

É muito importante que você divida seus planos de investir todos os meses com seus familiares. Conte a eles quais são os seus objetivos com esse dinheiro e até mesmo crie recompensas caso consigam chegar à meta. Por exemplo, assim que chegarem aos primeiros R$ 10 mil investidos, podem passar um final de semana na praia.

Fazendo assim você evita brigas e desgastes desnecessários causados pelo hábito de poupar, ou gastar mais do que devia por um lado da família. É muito importante falar sobre dinheiro sempre que possível, não somente nos momentos de discussão.

FAÇA DESSA META PRIORIDADE

Assim que seu salário cair na sua conta, separe imediatamente o valor que deseja investir do restante do dinheiro. Evite fazer o investimento no final do mês, pois a tentação de gastar o valor reservado para esse fim é grande.

Aplicando todas essas técnicas, aumenta muito a chance de você conseguir investir todos os meses. Não fique frustrado caso não consiga investir um mês ou outro. Vale a pena revisar seu planejamento caso isso aconteça. Sempre tenha visão no longo prazo e seja paciente. O resultado será incrível daqui a algum tempo.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL