PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Econoweek

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Por que as coisas são tão caras no Brasil e mais baratas nos EUA?

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

02/04/2021 04h00

Você já deve ter ouvido falar de diversos produtos que são muito mais baratos nos Estados Unidos e supercaros no Brasil.

Exemplos não faltam: um Playstation 5 pode chegar a custar R$ 10.000 aqui e US$ 400 nos EUA, um celular top de linha Samsung S21 Ultra é menos de US$ 1.000 lá, mas passa dos R$ 8.000 aqui.

A diferença é que com um salário considerado baixo nos Estados Unidos as pessoas precisam de apenas quatro dias de trabalho para comprar um videogame. No Brasil, seriam necessários pelo menos seis meses economizando seu salário integralmente para juntar dinheiro para isso se ganhar um salário-mínimo.

No vídeo acima fizemos muito mais comparações como essa, com iPad, carros brasileiros e americanos, custo do litro de gasolina entre outros. Você vai ficar chocado com a diferença!

Agora, vamos aos cinco motivos de tudo ser tão caro no Brasil e muito mais barato nos Estados Unidos.

1. Impostos

Os impostos são mais baixos nos EUA, mas nem tanto assim.

Os americanos pagam cerca de 26% de carga tributária em relação ao PIB. Por aqui, esse nível é de 33%.

Isso já poderia justificar parte dos preços mais elevados por aqui. Mas há outro motivo.

Enquanto nos EUA há basicamente quatro impostos incidentes sobre os americanos, no Brasil são mais de 90!

Sim, você leu certo! E esses impostos, tributos e taxas se sobrepõem.

É tão complicado que as empresas dedicam equipes enormes para lidar com tamanha burocracia.

Tudo isso, nem preciso dizer, é repassado para o preço dos produtos e serviços que você consome.

E olha que nem falei dos impostos sobre importados!

2. Logística

Outro motivo de os preços serem maiores no Brasil é a logística deficiente.

Estradas caindo aos pedaços, portos e aeroportos sucateados fazem o transporte ser mais caro e demorado.

Mais uma vez quem sai perdendo é você, que vê tudo isso ser repassado para os itens que compra.

3. Risco-Brasil

Com tanta instabilidade política e econômica, fica difícil fazer alguma previsão de viabilidade comercial que demande maior tempo de retorno sobre o investimento.

Complicado demais? Eu te explico.

Nos Estados Unidos, que têm uma economia desenvolvida e estável, um empresário aceita ter uma margem de lucro menor e ver o retorno sobre seu investimento em uma nova fábrica de carros, por exemplo, em dez ou 20 anos.

Já no Brasil, sem sabermos que novos rumos o país e a política tomarão, o retorno tem que ocorrer muito mais cedo, preferencialmente antes de descobrirmos quem será o próximo presidente.

Dessa maneira, o preço tem que ser maior para o retorno sobre o investimento acontecer mais cedo.

Sabe quem paga mais caro por isso? Adivinhou! É você.

4. Baixa concorrência

Por esses motivos que acabamos de discutir, há menos empresas dispostas a se instalarem no Brasil.

Com isso, há menos concorrência e menor incentivo a baixarem os preços e oferecerem produtos de melhor qualidade.

Mais um motivo não só para pagar mais caro, mas também pagar mais caro por um produto pior.

Triste, não?

5. Disposição a pagar

Infelizmente, estamos acostumados a pagar caro por tudo o que consumimos.

Além disso, passamos a desejar itens inacessíveis para a maioria dos brasileiros.

Enquanto um americano que quer comprar um novo Playstation provavelmente conseguirá e nem liga tanto para isso, o brasileiro considera esse item um bem de luxo, o que aumenta sua disposição a pagar tão caro.

Sabia que se você tem um salário de R$ 3.500 já ganha mais que nove a cada dez brasileiros? Mesmo assim, um deputado federal ganha dez vezes mais que você e um juiz pode chegar a ganhar 30 vezes acima com todos os penduricalhos que extrapolam o teto constitucional (o limite salarial estabelecido na lei suprema brasileira).

São justamente eles que criaram boa parte desses motivos de o Brasil ser tão caro. Mas, para eles, até que o Brasil é bem barato!

Você também acha que precisamos mudar? Comente abaixo ou nas nossas redes sociais (Instagram ou YouTube).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL