PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Fundos imobiliários: entenda o que são e como investir

Exclusivo para assinantes UOL
Fernando Damasceno

Fernando Damasceno

Especialista em fundos na área de research do banco digital modalmais. Possui mais de 15 anos de experiência no mercado financeiro. Iniciou sua carreira na consultoria de riscos Riskoffice. Foi riskmanager e gestor de fundo quantitativo da Mapfre investimentos. Foi gestor de riscos em gestoras renomadas do mercado financeiro e é atuário pela Pontifícia universidade Católica (PUC)

23/11/2020 04h00

O mercado financeiro é um ambiente bastante amplo, e cada vez mais surgem opções de diversificação de investimentos. E o mercado de fundos imobiliários é uma modalidade de investimentos que teve franca recuperação iniciada em 2016, com grande desempenho no ano de 2019, consolidando-se cada vez mais na carteira dos investidores.

Entretanto, com a chegada da crise causada pela pandemia do coronavírus, as revisões de recuo do crescimento mundial e do Brasil fizeram com que o segmento imobiliário também sofresse com toda a volatilidade do mercado, tendo uma performance negativa nos primeiros meses de 2020, pegando muitos investidores de surpresa.

Enxergamos essas perdas como frutos da alta volatilidade causada pela apreensão e incerteza do cenário atual. Apesar de o setor imobiliário não possuir exposição direta ao mercado externo, também foi impactado pelo contágio em grande escala nos diversos setores da economia e, por isso, a importância de entender os ativos que compõem a carteira dos fundos na hora de efetuar as alocações.