IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Preço dos combustíveis e prévia da inflação são destaques do dia

24/02/2023 09h15

Assista ao vivo aos destaques dos mercados hoje, com análises dos especialistas de Research do PagBank, e se prepare para investir melhor.

Acompanhe o programa diariamente, de segunda a sexta-feira, às 9h30, e fique bem informado sobre todas as notícias e mudanças que impactam os mercados.

Aproveite também para tirar suas dúvidas sobre investimentos.

O programa é apresentado pela equipe de Research e Economia do Pagbank.

Conheça a página de Investimentos do UOL, onde você tem orientações sobre como investir melhor para conquistar um sonho e garantir seu futuro.

Tem dúvidas? Envie sua pergunta para uoleconomiafinancas@uol.com.br.

Veja os destaques do dia

O mercado está de olho na reunião entre o presidente Lula e o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, em Brasília. Os investidores monitoram as discussões sobre uma mudança na política de preços de combustíveis da estatal e o provável retorno dos impostos federais sobre gasolina e etanol.

Na agenda de indicadores, o destaque é a divulgação do Índice de Preços ao Consumidor (IPCA-15) de fevereiro, a prévia da inflação oficial do país, com expectativa de alta de 0,72%.

Bolsas globais em baixa

Os mercados acionários operam majoritariamente em baixa à espera de dados da inflação americana.

Nos EUA, os índices futuros amanhecem em queda. O índice PCE é o principal indicador inflacionário observado pelo Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano), que abrange bens de consumo e serviços. A divulgação está prevista para as 10h30 e a expectativa é de uma alta de 0,4%.

Na Ásia, os mercados fecharam em baixa, com exceção do Japão, que subiu após o candidato para comandar o Banco do Japão, Kazuo Ueda, dizer que a atual política monetária é apropriada, e que o BC japonês pode avançar para a normalização à medida que a inflação convergir para o patamar desejado, de 2%.

Commodities

O petróleo é negociado em alta, recuperando a tendência positiva, enquanto o minério de ferro tem nova queda, impactado pelas limitações impostas pela Dalian Commodity Exchange.

As opiniões emitidas neste texto são de responsabilidade exclusiva da equipe de Research do PagBank e elaboradas por analistas certificados. O PagBank PagSeguro e a Redação do UOL não têm nenhuma responsabilidade por tais opiniões. A única intenção é fornecer informações sobre o mercado e produtos financeiros, baseadas em dados de conhecimento público, conforme fontes devidamente indicadas, de modo que não representam nenhum compromisso e/ou recomendação de negócios por parte do UOL. As informações fornecidas por terceiros e/ou profissionais convidados não expressam a opinião do UOL, nem de quaisquer empresas de seu grupo, não se responsabilizando o UOL pela sua veracidade ou exatidão. Os produtos de investimentos mencionados neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão preencher o questionário de suitability para a identificação do seu perfil de investidor e da compatibilidade do produto de investimento escolhido. As informações aqui veiculadas não devem ser consideradas como a única fonte para o processo decisório do investidor, sendo recomendável que este busque orientação independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e podem impactar os portfolios de investimento, causando perdas aos investidores. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Este conteúdo não deve ser reproduzido no todo ou em parte, redistribuído ou transmitido para qualquer outra pessoa sem o consentimento prévio do UOL.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL