Bolsas

Câmbio

Bolsa cai 1,09% e fecha em queda pelo 5º dia; Petrobras e Vale despencam

Do UOL, em São Paulo

Após operar em alta pela manhã, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, inverteu o movimento à tarde e fechou esta terça-feira (12) com queda de 1,09%, a 39.513,83 pontos. 

Esse é novamente o menor nível de fechamento desde 17 de março de 2009 (39.510,72 pontos). Também é a quinta baixa seguida da Bovespa. Na véspera, havia caído 1,63%.

A queda do dia foi puxada, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras e da mineradora Vale, que têm grande peso sobre o Ibovespa.

Petrobras tomba 9,20%

As ações da Petrobras fecharam no menor nível desde 2003. 

As ações preferenciais (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, tombaram 9,20%, a R$ 5,53, menor valor de fechamento desde 26 de agosto de 2003. 

As ações ordinárias (PETR3), com direito a voto em assembleia, despencaram 7,65%, a R$ 7, no nível mais baixo desde 12 de setembro de 2003.

A baixa no valor das ações da estatal foi influenciada pela queda nos preços do petróleo no mercado internacional, que chegaram a ser cotados abaixo dos US$ 30 pela primeira vez em 12 anos nesta sessão.

Além disso, antes da abertura do pregão, a estatal anunciou que vai reduzir os investimentos previstos entre 2015 e 2019 em 24,5%.

Vale perde mais de 8%

Os papéis ordinários da Vale (VALE3) fecharam com queda de 8,11%, a R$ 9,41, enquanto os preferenciais (VALE5) se desvalorizaram 8,33%, a R$ 7,26.

A queda do preço do minério de ferro na China continua influenciando o desempenho da mineradora na Bolsa. Mais cedo, a empresa informou que usará US$ 3 bilhões em linhas de crédito rotativo para aumentar a liquidez e pagar suas dívidas.

Dólar cai 0,16% e fecha a R$ 4,045

No mercado de câmbio, o dólar comercial caiu, mas ainda se manteve acima de R$ 4. A moeda fechou em queda de 0,16%, a R$ 4,045 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia fechado em alta de 0,28%.

Bolsas internacionais

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em alta.

  • Portugal: +1,75%
  • Alemanha: +1,63%
  • França: +1,53%
  • Itália: +1,08%
  • Inglaterra: +0,98%
  • Espanha: +0,33%

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico fechou em baixa. A exceção foi a Bolsa da China.

  • China: +0,21%;
  • Austrália: 0,14%;
  • Coreia do Sul: -0,21%;
  • Taiwan: -0,26%;
  • Cingapura: -0,63%;
  • Hong Kong: -0,89%;
  • Japão: -2,71%

(Com Reuters) 

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos