Bolsas

Câmbio

Dólar cai em dia de posse de Trump, a R$ 3,182, e perde 1,21% na semana

Do UOL, em São Paulo

O dólar comercial fechou esta sexta-feira (20) em queda de 0,55%, cotado a R$ 3,182 na venda. É a segunda baixa seguida da moeda norte-americana. Na véspera, havia caído 0,58%.

Com isso, o dólar termina a semana com queda acumulada de 1,21%.

A sessão foi marcada pela posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e por incertezas sobre o andamento da operação Lava Jato.

Posse de Trump nos EUA

Investidores estavam cautelosos após a posse de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos, na tarde desta sexta-feira (20). O novo presidente norte-americano, no entanto, não deu novos sinais sobre os rumos da economia durante o seu mandato.

O maior temor dos investidores é que Trump adote uma política econômica inflacionária e protecionista, o que poderia obrigar o Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) a elevar ainda mais os juros.

Com juros mais altos nos EUA, recursos atualmente aplicados em outros países, como o Brasil, poderiam ser atraídos para lá. Com isso, a tendência seria de alta do dólar por aqui.

Lava Jato

A morte do relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Teori Zavascki, também estava no radar de investidores, diante das incertezas sobre o futuro da operação.

A expectativa era de que o ministro decidisse em fevereiro se homologaria ou não o acordo de delação premiada de 77 executivos da Odebrecht. O acordo é apontado como tendo potencial explosivo para boa parte da classe política que teve o nome citado pelos executivos da empreiteira.

Atuação do BC

O Banco Central brasileiro vendeu nesta sessão a oferta total de 15 mil contratos de swap tradicional (equivalente à venda futura de dólares). 

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos