Bolsas

Câmbio

BC dos EUA aumenta taxa de juros em primeira reunião sob novo comando

Do UOL, em São Paulo

O Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) decidiu nesta quarta-feira (21) aumentar a taxa de juros no país em 0,25 ponto percentual, para a faixa entre 1,5% e 1,75%.

Essa foi a primeira reunião sob o comando de seu novo presidente, Jerome Powell, indicado ao cargo por Donald Trump.

A decisão sobre o aumento da taxa foi unânime. O banco central norte-americano também projetou ao menos mais dois aumentos em 2018, sinalizando crescente confiança de que os cortes de impostos e gastos do governo vão impulsionar a economia e a inflação.

Leia também:

O Fed indicou ainda que a inflação deve finalmente acelerar após anos abaixo da meta de 2% e que a economia ganhou ritmo recentemente.

O aumento era esperado pelo mercado. Todos os 104 economistas ouvidos pela agência de notícias Reuters entre 5 e 13 de março previam alta dos juros. 

Com a alta dos juros nos EUA, investidores podem migrar para lá recursos financeiros aplicados em economias onde as taxas são hoje mais vantajosas, como a brasileira. Assim, tende a haver uma saída de dólares do Brasil, o que poderia fazer o dólar subir por aqui.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos