PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Dólar fecha em queda, a R$ 3,689, após 6 altas e com ação do BC; Bolsa cai

Do UOL, em São Paulo

21/05/2018 17h08Atualizada em 21/05/2018 17h27

O dólar comercial fechou esta segunda-feira (21) em queda de 1,35%, cotado a R$ 3,689 na venda, após seis altas consecutivas. Na sexta-feira (18), o dólar havia subido 1,04%. A sessão foi marcada pelo aumento na atuação do Banco Central no mercado de câmbio (leia mais abaixo)

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em queda de 1,52%, a 81.815,31 pontos, na terceira baixa seguida. Na sexta-feira, a Bolsa havia caído 0,65%.

Leia também:

Petrobras e Vale caem

Entre os destaques da Bolsa, as ações da Petrobras (-3,35%), da mineradora Vale (-3,23%), do Banco do Brasil (-2,39%), do Bradesco (-1,43%) e do Itaú Unibanco (-1,37%) registraram quedas. Essas empresas têm grande peso sobre o índice.

Ação do BC e alívio no exterior

A queda da moeda norte-americana aconteceu depois de o Banco Central reforçar ainda mais a intervenção no mercado de câmbio, após a disparada do dólar na última semana. Nesta segunda, o BC triplicou a oferta de novos swaps cambiais (contratos equivalentes à venda de dólar no mercado futuro) e afirmou que sua atuação no câmbio era separada da política monetária.

No exterior, investidores estavam mais aliviados depois que Estados Unidos e China colocaram "em modo espera" uma possível guerra comercial. As duas maiores economias do mundo concordaram no fim de semana em abandonar suas ameaças de imposição de tarifas enquanto trabalham em um acordo de comércio mais amplo. 

(Com Reuters)

Cotações