ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Cotações

BC dos EUA decide manter taxa de juros e destaca avanço da economia

Do UOL, em São Paulo

08/11/2018 17h45

O Fed (Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos) decidiu manter a taxa de juros no intervalo entre 2% e 2,25% nesta quinta-feira (8). A decisão foi unânime.

Para efeito de comparação, a taxa de referência atual no Brasil, a Selic, é de 6,5% ao ano.

O Fed justificou a decisão afirmando que os fortes ganhos em curso no mercado de trabalho e gastos de consumidores mantiveram a economia no caminho previsto. "O mercado de trabalho continuou a se fortalecer e... a atividade econômica tem crescido em um ritmo forte", disse a entidade.

O comunicado divulgado após a decisão refletiu pequenas mudanças na perspectiva do banco central dos EUA para a economia desde a última reunião de política monetária em setembro, com a inflação próxima de sua meta de 2%, o desemprego caindo e os riscos para a perspectiva econômica aparentemente equilibrados.

Os membros votantes de política monetária, no entanto, notaram que os investimentos de empresas se "moderaram em relação ao seu ritmo rápido mais cedo neste ano", uma possível limitação do crescimento econômico futuro.

Como os juros dos EUA afetam o mundo?

A taxa de juros dos EUA é capaz de modificar as regras do jogo da economia mundial. 

Em caso de alta de juros juros por lá, os investidores podem começar a achar vantajoso aplicar seu dinheiro nos Estados Unidos, que são considerados uma economia forte e estável. Isso causaria a migração de recursos que atualmente estão aplicados nos mercados emergentes, como o Brasil.

(Com Reuters)

O que o PIB tem a ver com a sua vida?

UOL Notícias