PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Cotações

Após bater R$ 4, dólar passa a cair, perto de R$ 3,92; Bolsa sobe 3%

Do UOL, em São Paulo

28/03/2019 09h32Atualizada em 28/03/2019 16h57

Após operar em alta e chegar a bater o patamar de R$ 4 pela manhã, o dólar comercial passou a cair tarde de hoje. Por volta das 16h20, a moeda norte-americana operava em baixa de 0,98%, a R$ 3,916 na venda. No mesmo horário, Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 3,18%, a 94.821,87 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Tensão diminui em Brasília

Os discursos mais apaziguadores de autoridades do governo, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ajudam a reduzir a tensão no mercado neste pregão.

Ao longo da semana, a troca de farpas pública entre Bolsonaro e Maia aumentaram as tensões no mercado, que temia que uma crise entre o Executivo e o Legislativo travasse o andamento de medidas importantes para a economia, entre elas a reforma da Previdência.

Também em aceno de paz entre os Poderes, o presidente da Câmara se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, para retomar as discussões sobre a tramitação da reforma da Previdência.

Previdência pode ter relator definido hoje

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que "se Deus quiser" o nome do relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados será definido hoje.

Lorenzoni e a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), devem se encontrar ainda hoje com líderes da Câmara e o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR) para tentar escolher o relator.

A escolha do relator seria uma sinalização de que a proposta finalmente começará a tramitar na Câmara.

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Cotações