IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Finanças pessoais


Vale resgatar dinheiro dos títulos do Tesouro Direto antes do vencimento?

iStock
Imagem: iStock

Natalia Gómez

Colaboração para o UOL, em Maringá (PR)

26/03/2019 04h00Atualizada em 07/05/2019 19h20

Investir em títulos do Tesouro Direto é uma alternativa para quem quer fugir da poupança. No entanto, uma dúvida comum de quem compra títulos do Tesouro é se é bom ou ruim vender esses papéis antecipadamente. É possível até lucrar, mas é preciso ser profissional para fazer isso.

O UOL consultou especialistas em investimentos para explicar se e quando vale a pena resgatar os títulos antes do vencimento. Confira as recomendações mais abaixo.

Ganho garantido só no vencimento

Os títulos podem ser resgatados a qualquer momento, mas o recomendável é ficar com eles até a data do vencimento, para garantir a rentabilidade determinada na hora da compra. Antes dessa data, os títulos oscilam, e a cada dia é estabelecido um novo valor.

Na prática, isso significa que o investidor que vende antecipadamente títulos prefixados corre o risco de ter prejuízo. Esse risco é acentuado nos momentos de desconfiança político-econômica, que provoca mais instabilidade no mercado, disse a economista Andreia Fernanda, fundadora da consultoria de planejamento Rico Foco.

O investidor que não conhece o funcionamento do mercado pode acabar vendendo o título a um preço menor do que comprou, exatamente por conta do movimento econômico que pode estar acontecendo.
Andreia Fernanda, economista

A recomendação de Filipe Villegas, analista da corretora Genial, é que os investidores coloquem os recursos em títulos prefixados do Tesouro Direto pensando em metas de médio e longo prazo.

A gente recomenda que ele case o objetivo dele com o vencimento do título, porque assim garante que vai ter o retorno que foi acordado.
Filipe Villegas, analista

É possível lucrar com venda antecipada

A oscilação diária dos preços dos títulos ocorre conforme os juros, em um movimento chamado de "marcação a mercado". Quando os juros caem, o preço do título aumenta; quando as taxas sobem, o título cai.

Os especialistas destacam que também é possível lucrar com a venda antecipada dos títulos, caso o investidor venda o título quando este estiver valendo mais do que foi pago no momento da compra. É desta forma que muitos investidores ganham dinheiro com Tesouro Direto, mas isso é feito por profissionais qualificados e não é recomendado para pessoas físicas, segundo o analista da Genial.

Se precisar resgatar

Caso você precise do dinheiro aplicado, os especialistas recomendam cautela. O primeiro passo é analisar se o saldo do investimento aumentou ou diminuiu, pois dessa maneira é possível saber se você vai ganhar ou perder na hora da venda, segundo Andreia. "Se você teve um ganho, vá em frente, venda e volte ao investimento assim que puder", afirmou.

Caso o saldo mostre uma perda, a sugestão da especialista é que o investidor veja as notícias e verifique se o mercado está turbulento. "Avalie quanto tempo você pode esperar até resgatar esse dinheiro", afirmou.

Segundo ela, se for possível esperar alguns dias, existe uma chance de a turbulência diminuir, e o investidor voltar a ter ganhos com a venda antecipada.

Para quem investe por meio do site do Tesouro Direto, é possível verificar se haverá perda ou ganho com a venda antecipada do título na aba "Consultar" do menu principal, e em seguida em "Extrato Consolidado" (veja imagem abaixo).

Nessa área, o investidor poderá verificar o valor que foi investido no título e o retorno líquido obtido com a aplicação. Se ele for negativo, a venda naquele dia gerará um prejuízo ao investidor, explica o analista da Genial.

Para quem investe por meio da plataforma de uma corretora de valores, também é possível verificar a situação do retorno líquido do investimento, mas a localização desta informação vai variar de acordo com a instituição. Caso você não encontre a informação, peça ajuda do atendimento da corretora para levantar este dado antes de vender.

O dinheiro da venda do título vai ficar disponível na sua conta na corretora de valores apenas no próximo dia útil.

Tesouro Selic é exceção

O único título do Tesouro que pode ser vendido antecipadamente sem risco de prejuízo é o Tesouro Selic, porque, diferente dos demais, é um título pós-fixado. Ele ganha um pouco todo dia, o que faz sempre aumentar o valor investido.

Isso significa que ele acompanha o comportamento da taxa Selic todo dia, e o investidor não corre o risco de vender o título por um preço abaixo do que comprou. É por isso que o Tesouro Selic é indicado para reservas de emergências, podendo ser sacado a qualquer momento sem risco de prejuízo.

O que é preciso para os juros caírem de verdade no Brasil?

UOL Notícias

Finanças pessoais