Bolsas

Câmbio

Veja franquias a partir de R$ 450 para investir com restituição do IR 2017

Márcia Rodrigues

Colaboração para o UOL, em São Paulo

O primeiro lote da restituição do Imposto de Renda 2017 será pago no próximo dia 16. Para quem quiser aproveitar o dinheiro e abrir um negócio próprio, o UOL selecionou 18 franquias com investimento inicial entre R$ 450 e R$ 12 mil.

Clique aqui e veja todas as opções de franquia.

  • O menor valor para começar, de R$ 450, é o modelo digital da Cosmetics Green, rede de cosméticos. A taxa é a única cobrada pela rede e inclui a disponibilização de uma URL individual da loja virtual. Com ela, o franqueado pode vender os produtos nas suas redes sociais ou para os amigos. Ele ganha 20% em cima de tudo o que comercializar. A franquia tem outros três modelos de negócio: Office (venda direta), com investimento de R$ 25 mil, SPA Express (loja física de serviços de massagem), de R$ 50 mil, e Store (loja física de cosméticos), de R$ 90 mil. 
  • O maior, de R$ 11.990, é da Bidon Corretora de Seguros, franquia de rede de corretoras de seguro.
  • As redes que têm o maior faturamento mensal, de R$ 50 mil, são a Encontre Sua Viagem, empresa de agência de viagem, e a Bidon Corretora de Seguros.
  • O maior lucro, de R$ 7.500, também é da Bidon Corretora de Seguros.
  • As franquias Impacto Mídia e PremiaPão, que atuam com publicidade em saco de pão, oferecem o menor prazo de retorno do investimento: a partir de dois meses.

Todos os dados foram fornecidos pelas empresas.

Franquia virou alternativa para quem perdeu emprego

Claudia Bittencourt, diretora da consultoria de franquias Grupo Bittencourt, diz que, com a situação econômica do país, quem está desempregado vem optando por empreender e, assim, ter uma fonte de renda.

"Muitos negócios estão surgindo porque algumas pessoas não podem esperar aparecer uma nova oportunidade de trabalho. E as franquias estão se tornando uma boa opção de investimento para quem perdeu o emprego, por transmitir mais segurança e por causa da estrutura de que elas dispõem."

A especialista também afirma, que quem quer aproveitar o momento para empreender, deve avaliar qual é o seu perfil empreendedor.

"Você tem experiência na área que quer investir? Tem conhecimento em como gerir um negócio independente? Conhece o mercado? Se as respostas forem sim, você pode abrir uma empresa sem a necessidade de ser franquia. Se quer empreender, mas sente que precisa de uma estrutura e da bagagem empresarial de outra pessoa, a melhor opção pode ser uma franquia."

Momento econômico exige cautela

Ana Vecchi, sócia-diretora da Vecchi Ancona - Inteligência Estratégica, concorda com Bittencourt sobre o fato de abrir franquia ter virado uma opção para quem está desempregado e buscando um "plano B".

Ela afirma, no entanto, que a decisão deve ser tomada com calma e depois de muita análise. "Quando a pessoa está nesta situação, vivendo uma fragilidade emocional, ela pode fechar um negócio por impulso, o que não é uma boa medida, independentemente do dinheiro que será aplicado."

Vecchi diz que um investimento de até R$ 12 mil pode parecer baixo para quem tem R$ 50 mil ou R$ 100 mil para aplicar em um novo negócio. No entanto, se ela tiver apenas R$ 20 mil para usar, esse valor passa a ser mais representativo e precisa ser usado com cautela.

"Qualquer empresa exige um período para começar a gerar lucro. Além disso, a chance de o empreendedor que investiu todo o seu capital se reerguer, caso o negócio dê errado, é muito pequena."

Vecchi diz também que é preciso selecionar muito bem a marca que deseja comprar.

"O número de novas microfranquias colocadas todos os anos no mercado é grande. Muitas delas acabam quebrando depois de um ano de atuação. O empreendedor precisa analisar a marca com bastante critério antes de fechar o negócio."

Entre as dicas da especialista, estão:

  • Falar com, pelo menos, 10 franqueados da marca para checar se o faturamento e o lucro prometidos conferem com a realidade deles.
  • Esses mesmos franqueados podem informar se a rede dá todo o suporte para o negócio prosperar.
  • Acompanhar o dia de um franqueado. Isso dará uma visão de como é o negócio e se, realmente, é o que deseja fazer.
  •  Não aceitar promoções do tipo: se assinar o contrato agora, pode começar a pagar depois de 60 dias, por exemplo. "É uma forma de venda irresponsável das franquias."

Porcentagem do imposto de renda pode ser destinado a doações

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos