Bolsas

Câmbio

Com espumante e babyliss, salão faz "cabelo capa de revista" em prestações

Fábio Luís de Paula

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Wi-fi, bancadas com entradas USB, finalização com babyliss, espumante e café expresso como cortesia. Mais comuns em estabelecimentos em áreas nobres, esses "mimos" são oferecidos por um salão de beleza que fica em uma rua popular no bairro do Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo.

Inaugurado em agosto de 2016, o Mega Hairline tem a proposta de oferecer atendimento nos mesmos moldes de salões caros, mas com preços acessíveis, que podem ser parcelados em até três vezes no cartão.

Por R$ 280, o pacote básico inclui corte de cabelo, mechas com protetor para descoloração e finalização. Em salões localizados em áreas nobres de São Paulo, como Jardins, por exemplo, o mesmo serviço varia de R$ 850 a R$ 1.900 --de três a seis vezes mais caro.

"Nossa ideia foi trazer o serviço dos salões de luxo, com profissionais capacitados, infraestrutura e tecnologia, para bairros sem essa opção. Preenchemos uma lacuna", diz a cabeleireira Marcella Dias, 28, diretora do salão e responsável pelos cortes e coloração.

Smart Fit e Uber são inspiração

O investimento inicial do negócio foi de R$ 130 mil, e a expectativa é fechar o faturamento do primeiro ano em R$ 1 milhão. O faturamento mensal é de R$ 90 mil e o lucro gira em torno de 10% desse valor. O prazo de retorno foi de oito meses.

"Entendemos que o custo baixo da região, aliado a uma alta entrega de serviços, poderia gerar bons resultados", diz Pedro França, 33, diretor administrativo e sócio de Dias no salão. 

Nós nos inspiramos em cases de sucesso como a Smart Fit e o Uber. Deu certo! Se democratizaram o transporte particular e as academias, por que não a beleza?

Para Dias, a internet ajudou a democratizar o luxo.

As mídias sociais abriram para mulheres de todas as idades e classes a oportunidade de se inspirar em tendências de beleza. Nosso papel é dar acesso a isso.

Ele cita o exemplo do babyliss, um modelador de cachos, que é uma cortesia da casa. "É um típico acabamento das celebridades para fotos de capa de revista. Nada mais é que uma ferramenta de modelação de cabelo essencial para criar cachos, dar volume, movimento, modelar e criar ondas glamourosas." 

Três meses de lista de espera

A equipe do salão atualmente é formada por 23 pessoas. Hoje, para agendar com Dias, por exemplo, a lista de espera é de três meses, aos sábados, e um mês e meio, durante a semana.

"Realizamos mais de mil reflexos em quase um ano, temos mais de 3.200 clientes cadastrados e atendemos 120 clientes por semana", relata França.

Plano: 10 salões em 5 anos

O Mega Hairline deve abrir sua segunda unidade em setembro deste ano, na rua Domingos de Morais, área de intenso comércio no Paraíso, zona sul de São Paulo. "Prevemos ter dez unidades em cinco anos", diz França.

A pretensão é abrir dois salões por ano, e a expectativa de investimento para novas unidades está entre R$ 130 mil e R$ 280 mil cada. O empresário diz que os planos de expansão exigem controlar custos e estoque com rigidez, seguir o orçamento, acompanhar números, fazer parcerias e tomar ações corretivas quando houver problemas.

Luxo para classe C é trunfo, mas economia não ajuda

A popularização das redes sociais realmente despertou a vontade da classe C de consumir e estar em locais onde antes só a classe A estava, segundo Ana Roberta Amarante, analista de negócios do Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo).

"O luxo é subjetivo. Para a classe A, não é mais que obrigação. Para a classe C, o serviço agrega. O brasileiro valoriza ostentar para criar uma ideia de pertencimento, exclusividade e visibilidade", diz.

Devido à crise econômica, porém, Amarante diz que a empresa precisa tomar cuidado com a expansão. "É preciso ter capital de giro, e o lugar das unidades deve ter alto fluxo de pessoas." Estudos da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos mostram que, de 2015 para 2016, houve uma queda de 8% na ida de pessoas aos salões de beleza.

Onde encontrar:

Facebook: facebook.com/megasalao

Instagram: instagram.com/mega.hairline

Cabeleireiro paquistanês usa fogo para cortar cabelo de cliente

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos