Bolsas

Câmbio

Fez maratona para lançar queijo, largou negócio e fatura R$ 1 mi em corrida

Aline Torres

Colaboração para o UOL, em Florianópolis (SC)

O empresário Ricardo Ziehlsdorff, 44, de Balneário Camboriú (SC), organizou uma meia maratona em 2007 para divulgar um novo queijo do negócio de laticínios da sua família. Gostou tanto da experiência que largou os queijos e ficou com as corridas.

Depois da prova, ele fundou a Corre Brasil, empresa especializada em organização de corridas de rua, em Balneário Camboriú. "A ideia era organizar uma meia maratona na cidade de Pomerode para lançar a linha de queijos light do laticínio da minha família", diz. 

Após três eventos na região, Ziehlsdorff foi convidado para gerenciar provas de rua em outras cidades catarinenses, o que motivou a criação da empresa de corridas, em 2008.

A empresa da família foi vendida em 2010, mas Ziehlsdorff já havia se desligado da gerência dois anos antes para se dedicar à Corre Brasil.

LEIA MAIS:

Em 2016, a Corre Brasil faturou R$ 1,3 milhão, com lucro de R$ 215 mil. A empresa estima que neste ano o faturamento supere a marca dos R$ 2 milhões, com expectativa de lucro de R$ 360 mil.

O investimento inicial foi de R$ 180 mil, gastos com equipamentos de sinalização, tendas, cones, identidade visual e premiações.

Calendário tem corridas noturnas e até para mulheres

Hoje, a Corre Brasil trabalha com um calendário de 30 corridas por ano e, somente em 2016, cerca de 37 mil atletas amadores e profissionais participaram das provas. O valor das inscrições varia de R$ 10 a R$ 38 por atleta. Também são oferecidas cortesias à imprensa, patrocinadores e convidados. 

O principal evento da Corre Brasil é o Circuito de Meias Maratonas, que ocorre ao longo do ano nas cidades catarinenses de Pomerode, Brusque, Blumenau, São José, Balneário Camboriú, Chapecó e Florianópolis. A meia maratona tem percurso de 21,1 quilômetros.

Há também a Brisas (exclusiva para mulheres), em Itajaí (SC), a Night Run (corrida noturna) em Blumenau e Balneário Camboriú, e a Maratoninha (para crianças), também em Balneário Camboriú.

Correr atrás de patrocínio é o maior desafio

Segundo Ziehlsdorff, a empresa conta hoje com 55 parceiros, que patrocinam ou dão apoio aos eventos promovidos pela marca. A empresa optou por não detalhar o seu jeito de negociar com os patrocinadores nem expor o que cada um oferece. Ele diz que há três tipos de patrocínio: com verbas, produtos ou serviços.

Para viabilizar as provas, o empresário afirma que é necessária a contratação de até 200 pessoas, entre locutores, técnicos de som e equipes de credenciamento, premiação e médica, entre outras.

A empresa ainda se responsabiliza pela obtenção dos alvarás, compra de equipamentos, água, confecção de camisas, kits e apoio logístico e de segurança apropriados para o evento. O investimento pode chegar a R$ 400 mil por corrida, segundo Ziehlsdorff.

Somente com patrocínio, o negócio se tornou viável para crescer

Sem mencionar prazos, o empresário diz que a empresa planeja aumentar a interação com o atleta e diversificar as competições, incluindo provas de ciclismo. 

Empresa deve estar atenta às necessidades do público-alvo

Para o especialista Celso Orlando Pirmann, gestor de projetos do Sebrae de Balneário Camboriú, a Corre Brasil entrou em um nicho que está em expansão no Brasil.

"Há um número crescente de pessoas interessadas em corridas de rua. É um esporte que se faz ao ar livre, sem pagar nada. E é comum que, com o hábito, as pessoas busquem vencer os desafios pessoais por meio das competições", diz.

Para ele, no entanto, é preciso que a empresa invista em pesquisas para conhecer as exigências do seu público-alvo.

Uma empresa se mantém no mercado surpreendendo as expectativas do cliente, por isso o planejamento estratégico é tão importante

Pirmann diz que um exemplo de planejamento estratégico seria a empresa avaliar a possibilidade de organizar viagens dos atletas. "Muitos maratonistas viajam para correr em outras cidades ou países. Eles gostariam que a empresa organizasse toda a viagem? Seria válido para a Corre Brasil? Lucrativo? Essa expansão manteria a qualidade? Seria interessante agregar parceiros? Esse é um exemplo de planejamento estratégico", afirma.

Onde encontrar:

Corre Brasil - https://www.correbrasil.com.br/

Alemão bate recorde em maratona de costas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos