IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Empreendedorismo


Jovens criam startup que compra milhas e promete passagens 30% mais baratas

Gianlucca Nahas (à esq.) e Marco Fragali criaram a Flyby, no final do ano passado - Divulgação
Gianlucca Nahas (à esq.) e Marco Fragali criaram a Flyby, no final do ano passado Imagem: Divulgação

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/08/2019 04h00

As milhas de companhias aéreas que você tem podem render um dinheirinho. A empresa Flyby, em São Paulo, compra milhas de pessoas físicas e vende passagens aéreas a preços 30% mais baixos em média, segundo a empresa.

A Flyby foi criada no final de 2018 pelos amigos Marco Fragali e Gianlucca Nahas, ambos com 17 anos na época e estudantes do ensino médio. O investimento inicial foi de R$ 10 mil. Por mês, segundo os sócios, a empresa fatura R$ 100 mil, em média. O lucro médio mensal é de 50%. Em nove meses, a empresa diz ter negociado cerca de 30 milhões de milhas.

Segundo a empresa, já houve casos de passagens que chegaram a 80% de desconto. Já o preço das milhas depende de algumas variáveis, como o programa de fidelidade das companhias aéreas e a data de validade dos pontos.

Como é feita a negociação

A negociação é feita assim: o interessado em vender as milhas entra em contato por email, a Flyby analisa as informações e emite uma proposta pela compra das milhas.

Ao aceitar o acordo, o cliente assina o contrato de concessão de direitos de milhas e recebe o pagamento à vista. Mediante a análise da data de vencimento das milhas, a FlyBy anuncia passagens aéreas com preços mais vantajosos em relação ao mercado. Empresas e pessoas físicas podem comprar as passagens.

Os sócios desenvolveram um sistema interno de busca de voos, operado por uma equipe que monitora as oscilações de preços das passagens. A empresa também oferece, por WhatsApp, assistência 24 horas sobre horários de viagens, emissão de bilhetes e dúvidas referentes ao embarque.

Negócio é tendência, mas exige cuidados

O negócio de compra e venda de milhas é uma tendência, mas entidades de defesa do consumidor fazem alertas para evitar perdas.

Onde encontrar:

Flyby - https://flybyviagens.com.br/

Veja caminho que sua mala faz no aeroporto depois de despachada

UOL Notícias

Mais Empreendedorismo