PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Anda meio distraído no trabalho? Veja 6 dicas para manter o foco

Danylo Martins

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/10/2017 04h00

Notificações no Facebook, mensagens no WhatsApp, e-mails que chegam à caixa de entrada sem parar, sem contar aqueles colegas tagarelas que interrompem a todo instante. São tantas as distrações no dia a dia que é comum deixar para depois algumas tarefas urgentes.

Como manter o foco e a concentração em meio às distrações? Veja as dicas dos especialistas.

1. Faça um planejamento para 3 dias

Criar uma lista de tarefas todos os dias acaba gerando mais ansiedade nas pessoas e tira o foco, segundo Christian Barbosa, especialista em gestão do tempo e fundador da consultoria TriadPS. A recomendação ele é fazer um planejamento para os próximos três dias. Por exemplo: se hoje é segunda-feira, planeje terça, quarta e quinta. 

"Essa antecedência dará mais controle sobre a situação e você poderá dar mais atenção ao que realmente precisa fazer", diz.

Ao traçar o planejamento, é fundamental separar as tarefas urgentes (aquelas que precisam ser resolvidas imediatamente) das atividades importantes (aquelas que você terá mais tempo, como uma semana ou um mês para concluir).

2. Crie uma "blindagem" no ambiente de trabalho

Muita gente se desconcentra com música, desorganização, barulho e movimentação de outras pessoas. Observe o que está causando distração no ambiente de trabalho e reduza, na medida do possível. Se tiver muito barulho, use fones de ouvido. Tem bagunça? Arrume a mesa. E assim por diante.

3. Cuidado com atividades desnecessárias

É preciso tomar cuidado com as atividades desnecessárias (circunstanciais), que tiram o foco das que são urgentes e das importantes. "Por exemplo, sempre parar o que precisa fazer para ajudar uma pessoa em uma tarefa. Ao ter muitas situações desse tipo, você acaba deixando suas obrigações para o fim do dia ou corre o risco de levar trabalho para casa", afirma Luciana Guedes Pinto, sócia da consultoria Trajeto RH. Em alguns casos, a melhor solução é dizer "não".

Participar de um almoço que não tem nada a ver com sua área ou ajudar alguém a montar uma apresentação são outros exemplos de atividades que eventualmente você terá de fazer por educação ou para ajudar alguém, mas não pode tomar muito do seu tempo.

4. Concentre tarefas em momentos em que tem mais energia

Descubra o seu melhor período para trabalhar. Ninguém é produtivo o tempo todo. Alguns funcionam melhor de manhã, por exemplo. O importante é descobrir esse período e concentrar nele as atividades mais complexas, que exigem maior concentração.

5. Estabeleça pequenos intervalos ao longo do dia

É muito difícil se concentrar em atividades de longa duração. Assim, se estiver trabalhando por três ou quatro horas seguidas, pare de 20 minutos a meia-hora. Nesse intervalo, pode curtir as redes sociais, dar uma volta, tomar um café. Ou seja, qualquer coisa que ajude a relaxar e mudar o foco.

"Aproveite as pausas para fazer exercícios de respiração", indica Luciana. Ao observar como está respirando, você se tranquiliza e amplia o campo de percepção, tornando o olhar mais atento ao que está acontecendo ao seu redor.

6. Cuide da alimentação

A falta de atenção pode estar ligada também à alimentação inadequada. Quando você está trabalhando, seu cérebro está consumindo glicose transformada em energia. Ele usa essa substância para pensar e raciocinar. Por isso, alimentar-se de maneira saudável é essencial, assim como beber água com frequência.

O ideal é não pular refeições, como almoço, por causa do trabalho. Para manter uma dieta saudável, opte por frutas e alimentos leves.

7. Ouvir música pode ser bom

Muitas pessoas ouvem música para ter foco ao trabalhar. Vale a tentativa. "Nesse caso, a escolha é importante para não se tornar uma distração", diz Barbosa. Há pesquisas que mostram que mantras, por exemplo, melhoram o nível da atenção.

8. Aplicativos podem ajudar na concentração

Alguns aplicativos de celular podem melhorar seu poder de concentração no ambiente de trabalho. Confira algumas sugestões:

Forest
Um jeito simpático de controlar a vontade de pegar o celular a todo instante. Você planta uma semente que vira uma árvore durante o tempo determinado. Se cair na tentação de pegar o aparelho, a árvore vai murchar imediatamente. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis.

Anti Social
Um aliado para quem quer entender o uso que faz do celular. Relatórios mostram o tempo gasto com redes sociais, música, mensagens de texto etc. Dá até para comparar com outros usuários pelo mundo. A intenção é que, a partir daí, você use o aparelho de maneira mais racional. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis.

Brain.fm
Com uso de inteligência artificial, o app cria playlists que atuam no cérebro para melhorar o foco durante 15 minutos. Também tem opções para relaxamento e sono. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis, nas primeiras 10 sessões. É possível assinar por um mês (US$ 6,99), três meses (US$ 15,99) ou 12 meses (US$ 49,99).

Rescue Time
Uma ferramenta para controlar o tempo nos aplicativos e telefonemas. Oferece o controle das atividades também no computador. Semanalmente, você recebe o relatório completo com avisos de quando exagerou numa atividade ou, ao contrário, se bateu uma meta. Disponível para Android. Preço: grátis.

Freedom
Para você que não consegue passar mais de meia-hora sem acessar as redes sociais, o aplicativo promete ajudá-lo a ficar longe dessa distração. Ele bloqueia o acesso pelo tempo necessário a redes, sites e aplicativos. Disponível para iOS.

Streaks
Criado para ajudar o usuário a mudar de hábitos. Você determina a “tarefa” e o tempo em que deseja executá-la durante o dia. O aplicativo monitora isso e avisa se você perdeu o foco, por exemplo. Disponível para Android. Preço: grátis, com possibilidade de incluir até cinco tarefas.

Especialista dá dicas sobre o que vestir ou não no trabalho

UOL Notícias