IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Finanças pessoais


Poupança velha vale a pena mesmo após queda da taxa de juros; não mexa nela

João José Oliveira

do UOL, em São Paulo

04/11/2019 12h50Atualizada em 04/11/2019 12h50

Resumo da notícia

  • Caderneta de poupança com depósitos até 3 de maio de 2012 tem cálculo de rendimento diferente do atual
  • Poucas alternativas são mais vantajosas que a poupança velha, segundo especialista
  • Queda da taxa básica de juros, a Selic, reduziu ainda mais o rendimento das aplicações de renda fixa

A queda da taxa básica de juros, a Selic, para 5% ao ano diminuiu ainda mais o rendimento da caderneta de poupança, que já está quase perdendo para a inflação. Mas se você tem algum valor que foi aplicado na poupança até o dia 3 de maio de 2012, na chamada poupança velha, a recomendação é manter o dinheiro lá, dizem especialistas.

O cálculo do rendimento da poupança para esses depósitos segue uma regra diferente da que foi aplicada depois dessa data e que está em vigor até hoje. Assim, o rendimento da poupança velha supera o de outras opções de investimentos, como fundos de renda fixa mais conservadores e CDBs.

"É mais interessante manter a aplicação porque outras alternativas rendem menos. Há algumas opções que podem até render mais, mas com um pouco mais de risco", disse Eliane Tanabe, planejadora financeira da Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros).

Ela fez algumas simulações do rendimento alcançado pela poupança velha e de outras opções de investimento com baixo risco de perdas.

Compare os rendimentos

Veja o rendimento de algumas aplicações de janeiro a outubro deste ano:

  • Poupança velha: 5,11%
  • Poupança nova: 3,72%
  • Fundo DI de banco grande (rendimento de 87% do CDI): 4,35%
  • CDB de banco grande (92% do CDI): 4,06%
  • CDB de banco médio (118% do CDI): 5,21%

Como a inflação acumulada este ano está em 2,49%, o rendimento real das aplicações é menor.

De toda forma, o rendimento da poupança velha supera o de outros investimentos. E a poupança ainda tem a vantagem de não pagar Imposto de Renda, ao contrário das aplicações em CDB e fundo DI.

Regras de rendimento

A diferença entre a poupança nova e a velha está no cálculo da rentabilidade.

Poupança nova

Quando a Selic está em 8,5% ou abaixo disso, como hoje, a poupança nova rende o equivalente a 70% da taxa básica. A cada vez que a taxa básica cai, o rendimento da aplicação fica menor.

Quando a Selic está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a TR (Taxa Referencial, hoje zerada).

Poupança velha

Sempre rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a TR (taxa referencial), seja qual for a Selic em vigor.

As duas categorias de caderneta não pagam impostos, ou seja, são isentas de Imposto de Renda.

Quem possui saldo na poupança velha só consegue sacar o dinheiro, uma vez que aplicações novas seguem diretamente para a poupança nova.

Segundo dados do Banco Central, o saldo da poupança atingiu R$ 816,4 bilhões em setembro.

O governo não informa quanto desse valor está aplicado na poupança velha. Segundo especialistas, o montante é de 20% do total, perto de R$ 163 bilhões.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Entenda a reforma da Previdência em 10 pontos

UOL Notícias

Finanças pessoais