PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Educação financeira pode ser um ato de amor e leveza a mães e filhos

Veja 3 frases muito comuns que podem ser desconstruídas e, assim, ajudarão na educação financeira de mães e filhos - iStockphoto
Veja 3 frases muito comuns que podem ser desconstruídas e, assim, ajudarão na educação financeira de mães e filhos Imagem: iStockphoto

Gabriel Riva

06/05/2022 04h00

Aposto que você já ouviu de alguma mãe as seguintes frases: "leva um casaco que está frio", "você não é todo mundo" ou "dinheiro não dá em árvore".

Eu fui um dos filhos que na época ficava bravo com algumas dessas frases. Mas hoje, com 30 anos, percebo o quanto elas carregavam ensinamentos profundos. Por conta da pouca idade, não conseguia compreender.

É fato que minha mãe sempre queria meu bem. Fosse para me proteger do frio, mostrar que eu não precisava ser igual a todos ou até que tinha que ter mais consciência na gestão do dinheiro — porque ele não é infinito. Logo, essas frases me preparavam para o futuro.

Tanto que, agora mais velho, mais consciente do meu amor por minha mãe, peço licença para ser audacioso.

Em agradecimento e reconhecimento à dedicação de todas as mães, trago algumas reflexões de filho para mãe, considerando um âmbito absolutamente importante: a educação financeira.

"Mãe, eu quero!"

Quem, enquanto criança, já disse isso em uma loja de brinquedos e supermercado? Ou pelo menos presenciou uma cena como essa? Quando criança, pedimos muitas coisas e muitas vezes até choramos ou gritamos para ter o que queremos.

Partindo dos princípios do processo de educação financeira, sugiro algumas formas de evitar tal situação antecipadamente:

  1. Faça um acordo: diga o que ou qual item poderá ser comprado;
  2. Dê mais de uma opção, mas não muitas: por exemplo: "quer o chocolate azul ou vermelho?". Assim você mostra que existem algumas possibilidades, mas que há um limite. Se a criança escolher outro item, permita a substituição, mas não a inclusão;
  3. Se não há acordo nem dinheiro: e, por fim, se não há acordo nem dinheiro para comprar o que a criança quer, opte por não levá-la ao mercado ou lojas do tipo.

Essas combinações demonstrarão aos filhos que há um limite sobre o consumo naquele momento respeitando o padrão de vida financeiro da família. Isso porque nem sempre teremos o que queremos, muitas vezes será necessário esperar até ter dinheiro suficiente para comprar.

"Eu queria dar muito mais aos meus filhos..."

As mães muitas vezes se sentem culpadas por não conseguir dar tudo o que queriam aos filhos.

Aqui proponho uma reflexão a mais longo prazo, pois cuidar de si para conseguir acompanhar os filhos ao longo da vida também é um ato de amor por eles.

Uma aposentadoria saudável, por exemplo, é muito importante para todo brasileiro — estando em um emprego formal, informal ou até mesmo sendo dona de casa.

Segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2018, a expectativa de vida das mulheres chegou a 79,9 anos, enquanto a dos homens é de 72,8 anos.

Por isso, se organizar agora para ter uma aposentadoria tranquila é essencial para a manutenção de uma boa qualidade de vida. Afinal, tudo o que uma mãe não quer é ser motivo de preocupação no futuro dos seus filhos.

"Não preciso de nada. Pode comprar para você, filho!"

Confesso que quando criança achava o máximo ouvir isso. Minha mãe deixar de comprar algo para ela para me presentear era sinônimo de fartura infantil! Mas hoje entendo isso de forma totalmente diferente, e percebo a importância de ela também se valorizar e se presentear.

É importantíssimo para vocês, mães, se darem alguns pequenos mimos com alguma frequência. Isso ensina sobre o autocuidado, valorização de si e amor próprio. Lições que a vida ensinará de modo bem mais dolorido.

O equilíbrio é essencial para qualquer planejamento ser sustentável e saudável ao longo do tempo. As pessoas perdem, por exemplo, o interesse em seguir dietas muito restritivas logo nos primeiros dias, porque não há espaço para os pequenos prazeres. No âmbito financeiro não é diferente. Gastar tudo ou gastar nada não são as melhores opções.

É admirável o zelo e amor que a maioria das mães têm por seus filhos. Acho que só sendo mãe para compreender a dimensão desse sentimento. Por isso, como filho hoje adulto, minha forma de agradecer é me dedicando a trazer um pouco mais de leveza para a vida das mães, amparando-as no processo de educação financeira de seus filhos.

Desejo um Feliz Dia das Mães!

As opiniões emitidas neste texto são de responsabilidade exclusiva da equipe de Research do PagBank e elaboradas por analistas certificados. O PagBank PagSeguro e a Redação do UOL não têm nenhuma responsabilidade por tais opiniões. A única intenção é fornecer informações sobre o mercado e produtos financeiros, baseadas em dados de conhecimento público, conforme fontes devidamente indicadas, de modo que não representam nenhum compromisso e/ou recomendação de negócios por parte do UOL. As informações fornecidas por terceiros e/ou profissionais convidados não expressam a opinião do UOL, nem de quaisquer empresas de seu grupo, não se responsabilizando o UOL pela sua veracidade ou exatidão. Os produtos de investimentos mencionados neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão preencher o questionário de suitability para a identificação do seu perfil de investidor e da compatibilidade do produto de investimento escolhido. As informações aqui veiculadas não devem ser consideradas como a única fonte para o processo decisório do investidor, sendo recomendável que este busque orientação independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e podem impactar os portfolios de investimento, causando perdas aos investidores. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Este conteúdo não deve ser reproduzido no todo ou em parte, redistribuído ou transmitido para qualquer outra pessoa sem o consentimento prévio do UOL.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado