IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

ANÁLISE

Quer uma previsão? Crie seu próprio futuro

Pensando no seu futuro? Veja como guardar dinheiro desde já para ir pagando as contas lá na frente - Getty Images/iStockphoto
Pensando no seu futuro? Veja como guardar dinheiro desde já para ir pagando as contas lá na frente Imagem: Getty Images/iStockphoto

Letícia Braga de Andrade

05/04/2023 04h00

O que o futuro reserva para você? Ou o que você espera do seu futuro? Pensa em viajar, ficar em casa curtindo os netos ou aprender sobre algum assunto novo? Vai querer morar sozinho, em alguma casa especializada ou com um parente?

Peter Drucker, considerado o pai da administração, afirmou que "a melhor maneira de prever o futuro é criá-lo". O que você está fazendo para criar o seu? A grande maioria das mulheres até pensa no seu futuro, mas são tantas as preocupações com o hoje que falta fôlego e disposição para pensar no amanhã.

Culturalmente, a mulher foi ensinada a cuidar dos outros, seja dos filhos, do marido ou dos pais. Só que para cuidar de alguém é preciso estar bem, porque não é possível transmitir algo (tranquilidade e amor) se não temos isso.

Por muitos anos, eu disse: "Minha prioridade são os meus filhos!". Até o dia que percebi que a minha filha de 7 anos sempre priorizava o irmão, e depois dele os amiguinhos, quase nunca ela mesma. Foi neste dia que entendi que eu estava errada. Com o meu exemplo, ensinava meus filhos a priorizar os outros em detrimento de si mesmos.

A partir daí foram muitas reflexões e mudanças. Cuidar de nós mesmas ensina e liberta as outras pessoas. Nós devemos apoiar familiares e amigos, mas cada um é responsável pela construção da própria vida e do próprio futuro.

Imagine a satisfação de não precisar depender de ninguém para pagar as contas. Imagine o prazer proporcionado pelo consumo de algo que não comprometa as suas finanças. É isso que a gente precisa começar a fazer agora, pensar no nosso futuro e priorizá-lo. Senão por nós mesmos, também pelos nossos entes queridos.

Quando a gente paga uma dívida, estamos pagando hoje algo que foi consumido lá atrás. Por vezes nem sequer lembramos o que foi, muito menos, então, a satisfação gerada por tal consumo. Quando a gente guarda e investe um pouquinho de dinheiro, nós estamos pagando hoje algo que será consumido lá na frente. E aí, quando chegar a hora de consumir, a conta já estará paga, e o prazer será muito maior!

Eu não espero precisar que os meus filhos paguem minhas contas do futuro, não quero deixar essa responsabilidade para eles. Tampouco eu acredito que a previdência brasileira irá cobrir as minhas necessidades. Por outro lado, espero viver muito ainda, e os avanços da tecnologia e da medicina vão contribuir para isso. Então, o jeito é começar a criar meu futuro agora, guardar um pouquinho de dinheiro desde já para ir pagando as contas do futuro.

Porém, muitas mulheres se sentem inseguras para falar sobre investimentos. Isso acontece principalmente pela crença de que é um assunto difícil e de que é necessário um patrimônio maior para começar a investir. A verdade é que já é possível investir pouco dinheiro, a recorrência é mais importante do que o volume inicial. Além disso, a compreensão sobre os tipos de investimento é determinante para diminuir os riscos e ter sucesso no longo prazo.

O perfil da mulher investidora na Bolsa de Valores do Brasil, a B3, é da faixa etária de 30 a 45 anos. Desconfiada e precavida por instinto, ela tem perfil mais conservador e prefere opções de investimentos mais seguras a rentabilidades mais altas.

Que seja assim para você também. Investir é preciso! E quando se começa cedo, o tempo vira um aliado oferecendo maior proteção a longo prazo. Lembre-se que a melhor forma de honrar o esforço de quem nos criou e de ensinar as próximas gerações é sendo feliz. Comece agora a construir sua tranquilidade de amanhã. E celebre todas as mulheres a sua volta.

Se quer saber mais sobre investimentos assista à live "Investir é preciso e mais fácil do que parece", da websérie Independência Financeira Feminina. O projeto do PagBank PagSeguro, que visa democratizar o acesso ao mercado financeiro no Brasil, tem foco especial nas mulheres e oferece essa oportunidade de conexão direta entre elas, para que se inspirem, capacitem e desenvolvam juntas!

Nesta última live, Leticia Braga, gerente de Educação Financeira do PagBank receberá Ana Buchaim, diretora executiva de Pessoas, Marketing, Comunicação, Sustentabilidade e Investimento Social da B3 para conversar sobre o futuro.

A live acontecerá nesta quarta-feira, dia 5 de abril, às 19h45m, no canal PagBank PagSeguro. Para participar clique no link.

O UOL Economia é de propriedade do Universo Online S.A., sociedade que controla as empresas do Grupo UOL. O Grupo UOL tem em sua composição empresas que exercem atividades reguladas no setor financeiro. Apesar de o Grupo UOL estar sob controle comum, os executivos responsáveis pelo Banco Seguro S.A. são totalmente independentes e as notícias, matérias e opiniões veiculadas no portal tem como único objetivo fornecer ao público elementos a título educacional e informativo sobre o mercado e produtos financeiros, sendo baseadas em dados de conhecimento público na data de sua divulgação, conforme fontes devidamente indicadas, e condições mercadológicas externas ao Grupo UOL que podem ser alteradas a qualquer momento, mas sem constituir qualquer tipo de relatório de análise, recomendação, oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado