PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Por que ações da Marfrig se destacaram em carteiras recomendadas da semana?

Exclusivo para assinantes UOL

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/05/2021 04h00

As ações da Marfrig, uma das maiores empresas de proteína bovina do mundo, figuram entre os destaques da semana nas carteiras recomendadas por especialistas.

Os papéis receberam duas indicações de investimento, segundo monitoramento feito pelo UOL Economia+, que considerou as divulgações feitas por sete corretoras.

  • Conheça o UOL Economia+, serviço completo de orientação financeira do UOL para assinantes.
Entenda abaixo por que a empresa está bem cotada entre os analistas.

Marfrig: do prejuízo ao lucro

O frigorífico foi uma das novidades escolhidas pela MyCap para esta semana e se manteve na seleção feita pela Mirae Asset Corretora.

Na semana passada, a companhia divulgou a compra de uma fatia de 24,2% do capital social da gigante de alimentos BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão. Uma parte desses papéis foi adquirida do fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil (Previ).

Em meados de maio, a Marfrig reportou um lucro líquido consolidado de R$ 279 milhões relativo ao primeiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 137 milhões contabilizado um ano antes.

Em seu relatório de desempenho, a empresa destacou, entre outros pontos, o crescimento de quase 6% na receita líquida da Operação América do Norte, que atingiu o valor recorde de US$ 2,3 bilhões. O resultado --recorde para o período-- equivale a R$ 12,6 bilhões, volume 30% maior do que o apurado em igual período de 2020.

Na opinião da Mirae, a Marfrig novamente divulgou um forte resultado, operacionalmente acima da expectativa, com aumento de preços e de volume, beneficiado pela desvalorização cambial. A instituição destacou ainda a melhora nas margens de lucro, principalmente na América do Norte. "Continuamos otimistas com a empresa e com o setor, esperando demanda e preços elevados."

Setor aéreo ganha reforço da Azul

As ações preferenciais (PNs) da Gol (GOLL4), presentes no portfólio recomendado pela XP Investimentos desde o início de maio, ganharam nesta semana a companhia de outra empresa aérea, a Azul --cujas ações preferenciais (AZUL4) estrearam entre as indicações feitas pela Ativa Investimentos nesta semana.

Em relatório de análise gráfica, a Ativa afirma que o comportamento dos papéis da Azul indica continuidade do movimento de alta.

Em fato relevante divulgado ao mercado no dia 24 de maio, a empresa anunciou o fim de um acordo de compartilhamento de voos com a concorrente Latam.

"A companhia acredita que um movimento de consolidação é uma tendência do setor no pós-pandemia e a Azul está em uma posição forte para liderar um processo nesse sentido", diz o comunicado.

Confira outros destaques e as carteiras completas de ações recomendadas nesta semana. Os códigos e preços dos papéis podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.