IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Ganhe enquanto joga: criptogames convertem boa performance em dinheiro real

Axie Infinity é um dos criptogames mais conhecidos mundialmente - Divulgação/Axie Infinity
Axie Infinity é um dos criptogames mais conhecidos mundialmente Imagem: Divulgação/Axie Infinity

Paula Pacheco

Colaboração para o UOL, de São Paulo

12/03/2022 04h00

Para algumas pessoas, jogos online são sinônimo de diversão. Mas para outras, uma oportunidade de lucro. Afinal, os criptogames permitem que jogadores ganhem criptomoedas (chamadas de game tokens, com a mesma função de um bitcoin) e as troquem por dinheiro no mundo real.

O potencial de renda tem atraído cada vez mais o público para essa modadalide de "play-to-earn" (do inglês, jogar para ganhar): quanto melhores forem os personagens, itens e performance do jogador, maiores serão seus lucros. O UOL ouviu especialistas sobre o tema, que comentam se realmente vale a pena investir em criptogames e se essa febre chegou para ficar.

Como ganhar dinheiro com criptogames

A remuneração nos criptogames acontece, por exemplo, à medida que o jogador avança no seu desempenho no jogo. Para converter os ganhos, a própria plataforma do game oferece a possibilidade de troca —ou seja, dá para converter o token da economia interna do jogo por uma stablecoin, um criptoativo variado com o dólar. Mas também é possível fazer o câmbio de game tokens nas corretoras tradicionais, segundo Rodrigo Knudsen, gestor da Vitreo.

O mercado de games é um que mais cresceram na última década, principalmente na pandemia, com as pessoas passando mais tempo em casa. Isso deu tração ao e-sports. E com a evolução do blockchain surgiram os tokens de games, que podem ser moedas específicas de cada um dos jogos.
Guilherme Zanin, estrategista da Avenue Securities

Axie Infinity - Reprodução/Axie Infinity - Reprodução/Axie Infinity
Venda de Axies no criptogame Axie Infinity
Imagem: Reprodução/Axie Infinity

Criptogames mais famosos

Um dos jogos mais conhecidos entre os criptogames é o Axie Infinity, que mistura jogos de cartas com espécies de monstros, como Pokémon. Para começar a jogar, você precisa possuir Axies, como são chamados os monstros no jogo —que são itens de NFTs, isto é, artes não-físicas, originais e colecionáveis, como uma obra de arte em um museu.

Cada Axie é um NFT negociado na plataforma. Podem ser vendidos entre os jogadores por game tokens, que têm os valores pareado com a criptomoeda ethereum (ETH). No jogo, é possível visualizar o preço de cada Axie em dólar e em tokens da plataforma, com filtros sobre status, tipo (aquático, planta, de fogo etc.), raridade e outros detalhes.

O criptogame em si conta com dois game tokens independentes. O primeiro é o Axie Infinity Shards (AXS), conhecido como um "token de utilidade", voltado à governança (ou votações) do game. Isso significa que quanto mais moedas do tipo o jogador obter, mais votos em decisões de protocolo do game ele terá direito. Vale ressaltar que em 2021 a AXS teve uma valorização de mais de 7.000%, com uma capitalização de mercado acima de US$ 4,12 bilhões até agosto.

Estamos falando de uma indústria multimilionária, com um valor de mercado superior ao da música e do filme somados. Tomando isso como base, a gente pode ter ideia do potencial de valorização desses criptoativos.
Rodrigo Knudsen, gestor da Vitreo

O outro token do jogo é o Smooth Love Potion (SLP), que funciona como uma moeda interna de pagamento do jogo —no quesito de recompensa, que inclui um ambiente com várias opções de NFTs.

Assim como outras moedas virtuais, o SLP está exposto a variações de preço. Em 23 de fevereiro de 2021, segundo a plataforma CoinMarketCap, o game token valia R$ 0,2844. De lá para cá, seu maior valor foi alcançado em abril, quando chegou a R$ 1,1905. Em 21 de fevereiro deste ano, o SLP fechou o dia cotado a R$ 0,09312.

Entre outros jogos conhecidos estão ainda o Alien Worlds e o Splinterlands. O Alien Worlds é um jogo de navegador em que o internauta se transforma em um explorador no ano de 2055, cujo principal objetivo é explorar mundos distantes e extrair Trilium, um mineral valioso. Quando mineram Trilium e atualizam seus equipamentos e poderes de mineração, podem obter um dos mais de 300 NTFs espalhados no jogo para coleção.

Já o Splinterlands é um game de cartas digital, inspirado em jogos como Magic the Gathering e Hearthstone. Nele, os jogadores constroem uma coleção de cartas com diferentes habilidades e batalham com outros jogadores, ganhando moedas digitais conforme seus desempenhos nas partidas.

Alien Worlds - Reprodução/Alien Worlds - Reprodução/Alien Worlds
Criptogame Alien Worlds
Imagem: Reprodução/Alien Worlds

Quanto investir em criptogames?

Apesar da expectativa de crescimento da indústria, o especialista recomenda uma participação muito pequena na carteira, que vai variar de acordo com o perfil de investidor.

"[O universo de criptogames] é para todos os perfis [de investidor], mas a quantidade que você investe difere se você é arrojado ou conservador. É preciso ter em mente que você pode perder todo seu dinheiro, todo", declara Rodrigo Knudsen, da Vitreo.

Ele recomenda os seguintes aportes, conforme perfil:

  • Investidor conservador: 0,1% a 0,2% da carteira em criptogames;
  • Investidor arrojado (ou agressivo): 0,5% a 1% da carteira em criptogames

Aquele [investidor conservador] que tem R$ 1.000 pode alocar R$ 1 ou R$ 2, porque se houver uma grande desvalorização não vai fazer diferença nenhuma. Mas se explodir e multiplicar por 200, 300, 400, daí você vai tirar um dinheirinho legal.
Rodrigo Knudsen, gestor da Vitreo

Quem não gosta de jogar também pode ganhar

Àqueles que pensam em fazer dinheiro com os game tokens não precisam, necessariamente, gostar de jogar. É possível investir apenas na moeda dos criptogame.

Quanto mais o game ampliar a sua comunidade de jogadores e estimular o uso do game token, maior a chance de valorização da criptomoeda e ganhos ao jogador.

Splinterlands - Reprodução/Splinterlands - Reprodução/Splinterlands
Criptogame Splinterlands
Imagem: Reprodução/Splinterlands

Especialistas recomendam cautela

"A moeda virtual pode ter demanda, mas os riscos são elevadíssimos, já que não existe nada palpável ou que garanta um valor intrínseco. Por isso vemos, por exemplo, casos de queda de 90% nos últimos três meses", diz Guilherme Zanin, estrategista da Avenue Securities.

Zanin recomenda que o investidor, antes de comprar games tokens, procure entender como funciona a plataforma do jogo e a evolução da sua comunidade. A avaliação, afirma o especialista, ajuda a entender se o game se sustenta também como um negócio de logo prazo.

Um dos riscos apontados por Yuri Fernandes, CIO da BitPreço, é a possibilidade de a empresa de game falir, por exemplo. Portanto, é importante conhecer a estratégia que os executivos têm para o jogo, assim como a definição quanto a forma que os game tokens serão usados e como serão distribuídos (missões de jogo, recompensas).

Dependendo do seu apetite de risco [como investidor], os game tokens podem ser uma opção de investimento. Mas é preciso ter em mente que, por enquanto o que estamos vendo é o hype [febre] dos games, ainda com um ciclo curto e definido. Não há sinais que demonstrem tanta estabilidade a ponto de se investir com segurança.
Yuri Fernandes, CIO da BitPreço

Fernandes declara ainda que é essencial conhecer bem os projetos, para saber se contam com equipes renomadas e com experiência em jogos. "Hoje, por causa do crescimento, estão surgindo nesse setor empresas sem experiência. Não adianta só saber fazer jogo, é preciso ter conhecimento para administrar a economia do jogo", afirma.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.