IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Dá para investir nos EUA e ganhar em dólar para fugir do risco no Brasil?

Os juros nos Estados Unidos estão altos, e há empresas fortes em crescimento para investir - Getty Images
Os juros nos Estados Unidos estão altos, e há empresas fortes em crescimento para investir Imagem: Getty Images

Fernando Barbosa

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/03/2023 04h00

É possível investir no exterior, mesmo sem ter uma conta internacional. Dá para aplicar na renda fixa, em títulos do governo dos EUA, em fundos e em ações de empresas norte-americanas, por exemplo.

O cenário econômico conturbado no Brasil pode deixar o investimento no exterior mais atraente. A avaliação é do CEO da Box Asset Management, Fabrício Gonçalvez.

Os juros nos Estados Unidos estão altos. A taxa foi de 0,25% ao ano em março de 2022 para 4,50% a 4,75% agora. Por isso, pode ser a hora de aplicar em renda fixa por lá, diz o assessor da Dom Investimentos, Guilherme Silva, já que é possível ter bons rendimentos em dólar.

Além disso, investimentos no exterior podem ser uma boa estratégia para a diversificação dos investimentos.

Não é só nos Estados Unidos. Ele também recomenda aplicar em ativos de mercados mais maduros, como Japão e Alemanha.

Mas vale avaliar a variação da taxa de câmbio. Isso é importante principalmente para quem investe em dólar e recebe em real, diz Gonçalvez. Se o dólar cair, o valor do que você poderá receber dos investimentos em real também cai, e vice-versa.

Um investimento em um país pode ser menos afetado pelas mudanças na economia de outro país.
Fabrício Gonçalvez, CEO da Box Asset Management

Vale investir no exterior. Primeiro, porque há mais opções. Segundo, porque o crescimento das empresas é muito sólido.
Guilherme Silva, assessor da DOM Investimentos

Preciso ter conta internacional?

Não necessariamente.

O investidor pode selecionar os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) das empresas estrangeiras disponíveis na B3. Os BDRs são uma espécie de recibo emitido por bancos e corretoras brasileiras que simulam um papel de uma empresa no exterior.

Além disso, algumas empresas brasileiras fazem esse serviço diretamente das suas plataformas, sem a necessidade de ter conta em uma corretora americana. Hoje, oferecem esse serviço empresas como Avenue, Nomad e C6.

Quais são as opções e quanto custam?

Investir diretamente em títulos de renda fixa do Tesouro americano pode sair caro. Cada título pode chegar a US$ 50 mil (cerca de R$ 250 mil). O mesmo vale para títulos de renda fixa de empresas, que custam cerca de de US$ 10 mil (R$ 50 mil).

Há opções baratas. Existem fundos de investimentos disponíveis por a partir de US$ 2.000 (R$ 10 mil) e ETFs (Exchange-Traded Fund) oferecidos até por US$ 1. Os ETFs ou fundos de índice seguem de forma fiel determinado indicadores de ações ou títulos, como o tesouro norte-americano.

As ações de empresas também são caras. Uma ação da Meta, dona do Facebook e Instagram, gira em torno de US$ 175. A da Alphabet, holding controladora do Google, custa US$ 90.

O investidor pode comprar só parte de uma ação. Essa fatia sai bem mais em conta. BDRs também são uma opção.

Quais os riscos?

Um risco é a possível recessão nos EUA e no mundo. Veja como a economia ou política daquele país podem afetar seus investimentos.

Além disso, os juros em alta retiram o dinheiro disponível do mercado de renda variável, como ações em Bolsa.

Entenda o risco de calote. Na renda fixa, é necessário conhecer bem quem está emitindo o título de dívida e quais os riscos daquela empresa. Se for um fundo de investimento, vale entender quem são os gestores e o histórico do fundo.

O risco é a companhia investida falir ou sofrer instabilidade no mercado. Isso pode afetar o desempenho das ações e a distribuição dos lucros. Também afeta o valor do título de dívida.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.