IPCA
0.01 Jun.2019
Topo

Finanças pessoais


Com R$ 5 por dia, você se aposenta aos 60 com R$ 500 mil e garante velhice

Vladimir Goitia

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-03-29T04:00:00

2019-03-29T19:21:10

29/03/2019 04h00Atualizada em 29/03/2019 19h21

Pesquisas mostram que o brasileiro não guarda dinheiro para a velhice, mas depender só da aposentadoria oficial do INSS traz um risco de grande sofrimento. "Tem de poupar. Não há saída. Na velhice, uma pessoa precisa ter renda", afirmou Fabio Gallo, professor de finanças da Fundação Getulio Vargas (FGV-SP) e especialistas em finanças pessoais.

Ele mostra que, com investimento de menos de R$ 5 por dia (R$ 143 por mês) a partir dos 30 anos de idade, é possível se aposentar aos 60 anos com um acúmulo de R$ 500 mil, considerando juros de 1% ao mês (que é difícil de conseguir). Mas, se demorar muito para começar essa poupança, o investimento mensal tem de ser bem maior.

Aumenta número de brasileiros que não poupam

Uma pesquisa da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) no final do ano passado apontou que o grupo de brasileiros que declarava não guardar dinheiro para o futuro subiu dez pontos porcentuais em apenas um ano, de 47% em 2017 para 56% em 2018.

"Esse cenário é assustador", disse o professor da FGV. Principalmente porque a pessoa recebe menos na aposentadoria e começa a gastar mais, sobretudo com saúde.

Segundo o professor, um jovem gasta entre R$ 300 e R$ 400 por ano com médicos e medicamentos. No caso dos idosos, esses valores são multiplicados por dez. Ou seja, pulam para R$ 3.000 a R$ 4.000. "Embora esses dados não estejam atualizados, é uma referência que não pode ser ignorada", afirmou o professor.

Veja os cálculos de investimento conforme a idade

O valor máximo que o INSS paga de aposentadoria é R$ 5.839,45. Para o professor da FGV, é preciso poupar. Se uma pessoa juntar R$ 3 por dia, em um mês terá conseguido R$ 90 e, em um ano, R$ 1.000.

Veja o esforço de poupar para a velhice se começar aos 30, 40 ou 50 anos:

A taxa de 1% ao mês é difícil de conseguir na prática. Só investimentos em dólar e ouro conseguiram passar disso nos últimos 12 meses em média, segundo a consultoria Economatica: o dólar rendeu 1,37% ao mês e o ouro, 1,18%. O Ibovespa atingiu 0,87%. Aplicações mais comuns têm resultados menores: o CDI chegou a 0,52%, e a poupança, 0,37%.

O professor disse que, se a taxa de juro com a qual começar a poupar for menor do que 1%, terá de guardar mais por mês.

Com 0,6% de juros ao mês, teria de desembolsar R$ 393,94 por mês se começasse aos 30 anos. Aos 50 anos, teria de poupar R$ 2.857,09 por mês durante 10 anos para conseguir os R$ 500 mil", disse o professor.

Mesmo ganhando menos dá para poupar

Ana Leoni, superintendente de Educação da Anbima, disse que o argumento de que não sobra dinheiro para poupar não pode se transformar em desculpa. De acordo com ela, a taxa de poupança em países vizinhos ao Brasil é maior, sendo que a renda per capita deles é menor.

"Não importa a receita. Temos de aprender a controlar os gastos. Temos de aprender a priorizar a poupança, não o consumo. Caso contrário, a vida de uma pessoa pode ficar comprometida. É preciso acionar o gatilho do desejo de poupar", declarou Ana.

Para ela, a independência financeira precisa ser buscada para o dia a dia. Ela afirmou ainda que o conceito de investimento é muito mais amplo do que apenas investir, por exemplo, em imóveis ou em outros bens materiais.

Pessoas contam com aposentadoria oficial

Pior é que uma maioria de 56%, segundo a pesquisa da Anbima, espera contar com a Previdência para seu sustento quando se aposentar. O certo seria um número maior de pessoas acreditar que precisa poupar porque não poderá contar com o INSS quando envelhecer.

"É claro que uma eventual reforma da Previdência pode trazer mais tranquilidade, mas será que essa é a única alternativa?", disse a executiva da Anbima.

Segundo ela, conseguir uma reserva financeira permitirá encontrar tranquilidade, não apenas para o fase da aposentadoria, mas também para a sobrevivência ao longo da vida, que pode trazer imprevistos. "Esses imprevistos podem abalar a aposentadoria ou o planejamento para a velhice."

Aposentado que trabalha pode sacar FGTS todo mês?

UOL Notícias
Errata: o texto foi atualizado
O texto informava incorretamente que, aos 50 anos, seria necessário poupar R$ 2.857,09 por mês durante 30 anos para conseguir os R$ 500 mil. O correto é durante 10 anos. A informação foi corrigida.

Mais Finanças pessoais