IPCA
0.11 Ago.2019
Topo

Governo vai discutir criação de imposto sobre grandes fortunas, diz Guedes

3.abr.2019 - Paulo Guedes fala sobre reforma da Previdência da CCJ da Câmara dos Deputados - Cleia Viana/Câmara dos Deputados
3.abr.2019 - Paulo Guedes fala sobre reforma da Previdência da CCJ da Câmara dos Deputados Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

03/04/2019 16h44Atualizada em 03/04/2019 18h12

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que o governo debaterá a possibilidade de criar um imposto sobre grandes fortunas, dentro da reforma tributária. Durante audiência na Câmara dos Deputados, o ministro declarou que a equipe econômica também debaterá o tema das renúncias fiscais.

"Além da reforma da Previdência, vamos atacar a reforma tributária, as renúncias fiscais. Vamos ter a chance de discutir um imposto sobre riquezas. Isso é uma questão de tempo", declarou.

O ministro participa de audiência na Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados para falar sobre a reforma da Previdência. O encontro estava previsto para acontecer na semana passada, mas Guedes não compareceu.

Antes de embarcar para uma viagem a Israel e durante a visita oficial ao país, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Ministério da Economia estuda reduzir impostos sobre empresas. Segundo ele, a ideia é tributar os dividendos (lucro pagos aos acionistas) e reduzir o Imposto de Renda das companhias.

"A ideia seria a troca da cobrança de Imposto de Renda sobre os dividendos. Atualmente, as empresas do Brasil que lucram mais de R$ 20 mil por mês pagam 25% de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e 9% de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), totalizando 34%", havia declarado Bolsonaro no Twitter.

Leia mais sobre a participação do ministro Paulo Guedes na comissão:

Sem Previdência, Guedes diz que poderia deixar governo

UOL Notícias

Mais Economia