PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Tem muitas dúvidas no cadastro para pedir auxílio de R$ 600? Veja respostas

Filipe Andretta

Do UOL, em São Paulo

16/04/2020 04h00Atualizada em 27/04/2020 12h40

Diversos leitores do UOL têm relatado problemas para pedir o auxílio emergencial de R$ 600 por meio do site ou aplicativo (Android ou iOS) da Caixa. O cadastro é necessário para quem tem direito à ajuda do governo, mas não recebe Bolsa Família nem estava registrado no CadÚnico até 20 de março de 2020.

Confira a seguir as respostas da Caixa para as dúvidas mais frequentes. Veja também neste link o passo a passo de como realizar o cadastro pelo site ou aplicativo.

Preciso de um celular?

Sim. Tanto o aplicativo quanto o site da Caixa exigem que a pessoa informe um número de celular para validar o cadastro.

Posso usar o celular de outra pessoa?

Você pode usar o celular de outra pessoa para fazer o cadastro. Porém, o programa só permite um cadastro por celular.

Então, se o número de celular já foi usado em outro cadastro, não será possível utilizá-lo novamente.

Não recebi o código de acesso no celular

Verifique se digitou o número de celular certo, com o código de área (DDD) e tente novamente.

Se o problema persistir, a orientação da Caixa é procurar a operadora de celular.

Meu código de acesso perdeu a validade

Comece o procedimento de novo e peça um novo código.

Meu pacote de dados móveis acabou. Consigo navegar no aplicativo?

Sim. Segundo a Caixa, as operadoras de telefonia móvel estão disponibilizando os aplicativos com navegação gratuita.

Meu CPF está irregular. Posso me cadastrar?

Nesta quarta-feira (15), a Justiça Federal suspendeu a exigência de CPF regular para receber o auxílio. Mas a decisão é provisória e cabe recurso.

A Receita Federal está emitindo CPF de graça pela internet (veja como neste link). O UOL também preparou um guia de como regularizar a situação do seu CPF.

Mensagem de erro diz que os dados não conferem com os da Receita

Verifique novamente os dados digitados, para ter certeza de que não houve erro de digitação.

Se você regularizou a situação do CPF na Receita Federal, pode demorar algum tempo até que os dados entrem no sistema que analisa o auxílio emergencial. A Caixa recomenda aguardar algumas horas e tentar novamente.

Sou registrado(a) só com nome do meu pai, sem nome de mãe

A Caixa informou que o site e o aplicativo devem apresentar uma opção para marcar "mãe desconhecida". Se o programa não der essa opção, escreva "Mãe desconhecida" no campo destinado ao nome da mãe.

Não tenho conta em banco. Posso preencher o cadastro?

Sim. Se você tiver direito ao auxílio emergencial e não indicar um conta bancária, a Caixa vai abrir automaticamente uma poupança digital.

Com essa poupança é possível pagar boletos e contas. Você também pode fazer de graça até três transferências para outros bancos a cada mês.

O saque em dinheiro direto da poupança social só vai estar disponível a partir de 27 de abril, conforme o mês do seu nascimento. Veja detalhes aqui.

Coloquei informações erradas no cadastro. E agora?

Enquanto você não terminar o cadastro, é possível retornar às telas anteriores e arrumar qualquer informação. Basta clicar no botão "voltar" e corrigir o que for necessário.

Se você já enviou a solicitação de cadastro, precisa esperar a análise dos dados. De acordo com a Caixa, o aplicativo e o site permitirão editar as informações depois que a primeira análise for concluída.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Auxílio emergencial levanta dúvida da população

Band Notí­cias

UOL Economia Explica